Blog Na Grade do MMA

Lei do silêncio faz Pacaembu desistir de receber UFC e reabre espaço para o Morumbi

Jorge Corrêa

Acabou o sonho do estádio do Pacaembu de receber a edição paulista do UFC, que está previamente marcada para o mês de junho. O secretário de esportes dde São Paulo, Bebeto Haddad, confirmou ao blog que já desistiu oficialmente de ter o evento no estádio municipal por conta de problemas com a lei do silêncio da cidade.

>> Siga o no Twitter: @NaGradedoMMA
>> Leia todas as notícias de lutas no UOL Esporte

“Primeiro foi a dificuldade com o barulho. A [associação] Viva Pacaembu exigia que fosse cumprido o limite da lei do silêncio de 45 decibéis, o que era impossível. Até comprei um medidor desses e levei para o gabinete do prefeito, que marcou 60 decibéis”, explicou.

O secretário ainda contou que outro ponto que complicou a negociação foi o horário do evento, que, pela lei, teria de acabar entre meia noite e 1 h da manhã. “O UFC é um evento trasmitido para 150 países, teríamos de nos adequar ao fuso horário de muitos lugares. Não teria como fazer isso acabando antes da meia noite.''

“Já mandei um e-mail para eles, explicando que desistimos oficialmente de receber o evento no Pacaembu. É muito triste isso, pois era algo muito importante e que queríamos ter no estádio. Também falei que vamos seguir apoiando o evento caso ele seja realizado na cidade de São Paulo'', completou.

Morumbi de volta

O blog chegou a fazer uma projeção de como ficaria o octógono no estádio do Morumbi em seu post de estreia

Com essa desistência do Pacaembu, está reaberto o caminho para que o Morumbi seja sede do UFC na cidade de São Paulo. O Ultimate havia conversado inicialmente com dirigentes são-paulinos no ano passado, mas a prefeitura atravessou o negócio e colocou o Pacaembu à frente na disputa. Agora, o Morumbi surge como única opção para o evento se ele for mesmo realizado na capital paulista.

“Não voltamos a conversar com o UFC, estamos no mesmo ponto de antes, mas seguimos abertos ao negócio. O Morumbi está pronto para receber qualquer tipo de evento'', despistou Roberto Natel, vice-presidente de patrimônio do São Paulo e responsável pelo estádio.

Bebeto Haddad explicou que o Morumbi pode mesmo receber o evento, mas que não terá exatamente o mesmo apoio da prefeitura. “É bem diferente do que se fosse no Pacaembu, que é nosso estádio. Mas lógico que vamos ajudar no que pudermo para que o UFC seja em São Paulo.''

“Para eles é até mais fácil, pois a lei de zoneamento daquela região é mais flexível com o barulho. Eles também poderiam infringir a lei e – se for o caso – pagariam a multa. Mas não teria como um órgão público, como o Pacaembu, fazer isso'', finalizou o secretário.

LEIA TAMBÉM:
>> Vitor Belfort vê jogo do São Paulo no Morumbi e diz que UFC será lá
>> O Morumbi para o UFC: veja como ficaria o estádio para receber o evento