Blog Na Grade do MMA

Ex-campeão do UFC se proclama “melhor peso pesado do mundo” antes de final do Strikeforce

Jorge Corrêa

Vindo de uma série de oito vitórias consecutivas, Josh Barnett está confiante para a aguardada final do GP do pesos pesado do Strikeforce. O ex-campeão da categoria no UFC vai enfrentar na decisão Daniel Comier, no dia 19 de maio, depois de finalizar na disputa Brett Rogers e Sergei Kharitonov. Mas ele já sabe o resultado.

>> Siga o blog no Twitter: @NaGradedoMMA
>> Leia todas as notícias de lutas no UOL Esporte

Em entrevista ao site norte-americano MMA Weekly, Barnett não teve o menor pudor de dizer que venceria qualquer lutador do UFC. “Eu gostaria de ir lá, vencer todo mundo e pode sentar em cima de todos eles. Acredito que eu sou o melhor peso pesado de todo o mundo e a melhor maneira de provar isso e ir até lá e ser o primeiro o acertar a cara deles.”

Josh Barnett foi campeão do UFC em março de 2002, na edição 36, quando nocauteou Randy Couture. No entanto, acabou ficando sem seu cinturão ao ser flagrado no exame antidoping. Demitido do torneio, se tornou desafeto do presidente Dana White, mas nos últimos tempos, vem ensaiando uma reaproximação com o mandatário, que já disse que pensaria em aceitá-lo de volta no maior evento de MMA do mundo.

Mesmo assim, o peso pesado tenta despistar. Diz que não está pensando muito nessa possibilidade de voltar para o Ultimate, não consegue negar que seria interessante.

“Isso realmente não me importa. Eu acho que toda essa especulação é boa para as pessoas que gostam do esporte querem assistir. Eles querem ser parte desse jogo de adivinhação. Para mim está realmente se tornar chato, mas entendo a razão de perguntarem. Afinal, quem não gostaria de lutar no UFC”, completou o lutador de 34 anos.