Blog Na Grade do MMA

Recheado de pesados e de brasileiros, veja 10 razões para não perder o UFC 146 neste sábado

Jorge Corrêa

Direto de Las Vegas, post com o parceiro Maurício Dehò

O UFC 146 deste sábado chega cercado de expectativa para os fãs de MMA, principalmente para os brasileiros. Então o blog elencou dez bons motivos para ninguém perder o evento. Ele será transmitido inteiro, desde seu card preliminar, a partir das 19h45, pelo canal Combate. Já a luta principal, a disputa de cinturão entre Junior Cigano e Frank Mir, passará também na TV Globo.

>> Confira a cobertura completa do UFC 146
>> Siga o blog no Twitter: @NaGradedoMMA

>> Leia todas as notícias de lutas no UOL Esporte

Então junte os amigos, arrume as bebidas e os petiscos, faça uma vaquinha para comprar o pay-per-view, ache um bar em sua cidade em que vá passar o evento, encontre sua maneira de assistir ao evento, porque depois de ler as razões descritas abaixo, você não vai querer perdê-lo por nada.

1) Primeiro card principal apenas com pesos pesados: Pela primeira vez na história o UFC conseguiu casar um card principal inteiro com lutadores dos pesos pesados. Será interessante ver dez gigantes se enfrentando em sequência.

2) Cigano defende pela primeira vez o cinturão dos pesados: Depois de conquistar o título no final do ano passado, Junior dos Santos irá defendê-lo pela primeira vez contra Frank Mir. Será a chance de iniciar uma nova era na categoria e provar seu status de novo ídolo do esporte nacional.

3) Chance de ver Rodrigo Minotauro vingado: Além de defender seu cinturão, Cigano também terá a oportunidade de vingar seu mestre e amigo Rodrigo Minotauro, já que a lenda do MMA perdeu duas vezes para Frank Mir, a última no final do ano passado quando teve seu braço quebrado.

4) Edson Barboza e Diego Brandão, esperanças de show para o Brasil: Depois de conseguir o nocaute mais espetacular do ano com um chute rodado no UFC Rio 2, Edson Barboza vai enfrentar  Jamie Varner. Já o campeão do TUF 14 Diego Brandão enfrenta Darren Elkins embalado pelos três nocautes e uma finalização no reality show.

5) As esperadas estreias de Antonio Pezão e Glover Teixeira: Após vencer Fedor Emelianenko no Strikeforce, mas perder na semifinal do GP dos pesados, finalmente o gigante brasileiro Antonio Pezão estreia no UFC contra o ex-campeão Cain Velasquez. Já Glover Teixeira faz sua primeira luta no evento contra Kyle Kingsbury vindo de uma invencibilidade de cinco anos.

6) Primeira transmissão do UFC na Globo sem Galvão Bueno: por conta do GP de Mônaco de F-1, a luta de Cigano contra Mir não terá a narração do principal nome da emissora nessa função. O programa será comandado por Sérgio Maurício. Expectativa de novos bordões para o UFC.

7) Confronto entre gigantes: Com as muitas mudanças no card principal por conta de lesões, o UFC 146 terá o encontro entre dois gigantes dos pesos pesados. De um lado o norte-americano Lavar Johnson, 1,93 m e 115 kg, e do outro o holandês Stefan Struve, 2,12 m e 116 kg, na luta “mais alta'' do UFC.

8 ) Última chance de Roy Nelson: Com sua barriga pretuberante e um queixo de aço, o gordinho Roy Nelson conquistou o público usando muito de seu carisma, mas pode ter contra Dave Herman sua última chance de provar que pode seguir no UFC depois de três derrotas em quatro lutas.

9) Esquadra Brasileira: Depois do UFC Rio 2, em janeiro deste ano, essa será a edição com o maior número de lutadores do Brasil, com cinco no total. Teremos um show do país ou a má fase dos últimos meses pode preocupar?

10) Expectativa de card principal mais rápido da historia: Uma das principais características dos pesos pesados é o grande número de nocautes, muitos deles impressionantes e avalassadores, por conta do peso de suas mãos. Então poderemos ver o card principal mais rápidos de todos o tempos no UFC.

 

Tags : ufc 146