Blog Na Grade do MMA

Episódio final do TUF dos EUA tem Dana anfitrião, disputas empolgantes e bagunça de lutadores

Jorge Corrêa

Direto de Las Vegas, post com o parceiro Maurício Dehò

Terminou na última sexta-feira a edição de número 15 do reality show The Ultimate Fighter dos Estados Unidos, edição que contou com a novidade de as lutas serem transmitidas ao vivo. Este blogueiro e o repórter do UOL Esporte Maurício Dehò foram convidados para assistir in loco o último episódio, na academia do TUF em Las Vegas, e agora vou contar como foi essa experiência.

>> Siga o blog no Twitter: @NaGradedoMMA
>> Leia todas as notícias de lutas no UOL Esporte

Normalmente, os episódios contam apenas com as presenças dos lutadores do programa, dos técnicos, do staff do TUF e do presidente Dana White. Dessa vez, por conta do ineditismo da edição, o UFC convidou alguns patrocinadores, parentes de lutadores e jornalistas que estão na cidade para o UFC 146 deste sábado.

Algumas cadeiras foram colocadas em cima do tatame de treino de jiu-jitsu, próximo do octógono, para os convidados poderem acompanhar as lutas. Os técnicos Dominick Cruz e Urijah Faber circularam pelo local por alguns minutos antes de irem para os vestiários. Faber ainda aproveitou para retocar o cabelo, ali mesmo, no meio de todo mundo.

Momento silêncio: algumas vezes foi pedido silêncio para o apresentador Jon Anik gravar as chamadas do programa para a TV local.

Cinco minutos antes de começar a parte gravada do TUF, mostrando a semana dos lutadores, Dana White veio até os presentes e fez as honras da casa, como bom anfitrião. “Não fiquem tímidos, torçam, gritem, se divirtam, tenham um momento.''

Durante os 15 minutos que durou a parte da gravação, um grande burburinho e muita movimentação tomou conta do lugar. Poucas pessoas prestaram atenção no que passava no monitor. A correria para que tudo ficasse pronto para o programa ao vivo era constante.

Quando foi para o primeiro intervalo, os participantes do programa que já tinham sido eliminados entraram para tomar seus lugares, fazendo uma grande farra, que ficou ainda maior com a entrada dos dois primeiros semifinalistas, Mike Chiesa, do time Faber, e James Vick, do time Cruz.

Dentro do octógono, os lutadores fizeram um grande combate. Vic começou muito melhor, acertando boas sequências de jabs e diretos, e quase finalizou Chiesa, que foi salvo pelo gongo do primeiro round. Mas logo no início do período seguinte, Michael conseguiu uma bela queda, caiu montado e nocauteou seu rival.

Mesmo com as poucas pessoas por ali o clima de euforia por conta dessa virada de Chiesa tomou conta do local. O vencedor, que viveu um drama de perder seu pai um dia depois de entrar no programa, saiu correndo para junto de seus companheiros de time.

Novo intervalo e a cada parada, uma contagem regressiva de trinta em trinta segundos que fazia com que o barulho no local fosse diminuindo.

O segundo combate foi tão movimentado quanto o primeiro, mas não tão emocionante. Com uma ótima postura de boxeur com seu jogo de perna e esquiva, Al Iaquinta, do time Faber, dominou Vinc Pichel o combate inteiro e venceu por pontos em decisão unânime dos juízes após dois rounds.

A festa foi completa para a equipe de Urijah Faber, com dois lutadores do time na final do TUF, que acontecerá em Las Vegas mesmo, na próxima sexta-feira.

Então começou o show de Dana White. Durante o intervalo, uma produtora do programa lhe passou umas papeletas para que ele decorasse o que tinha de falar a seguir para os lutadores. Concentrado, não gaguejou em nenhum momento.

Já com os microfones desligados e com o programa acabando, o presidente do UFC ainda deu uma bela chamada nos lutadores, já que todos estarão no evento na próxima sexta-feira, não só os finalistas. O papo pode ser resumido em apenas uma frase: “Caras, falta apenas uma semana para tudo acabar. Então, não façam m*rda.''

Enquanto os integrantes do time Faber faziam uma bagunça sem tamanho na arquibancada e depois do lado de dentro dos vestiários, Dana White foi tietado por alguns dos convidados que estavam lá, sempre reservando um sorriso mais simpático para as belas mulheres que pediam para tirar fotos com ele.

Era esperado que ele falasse com a imprensa, mas uma gravação confidencial ali na hora mudou seus planos e todos foram sumariamente enchotados do lugar.  Era o fim desta experiência e da primeira temporada ao vivo de um The Ultimate Fighter, encerrada com sucesso e a promessa de uma grande final na próxima semana.

Tags : tuf