Blog Na Grade do MMA

De estreante a promessa, conheça a situação dos quatro brasileiros do UFC on FX desta noite

Jorge Corrêa

Para quem não vai sair de casa na noite desta sexta-feira e vai curtir esse frio que baixou sobre o Brasil no feriadão de Corpus Christi, aqui está um bom programa: acompanhar o UFC on FX 3. O evento começa às 19h e terá na luta principal o replay da semifinal do GP dos moscas entre Demetrious Johnson e Ian McCall.

>> Siga o blog no Twitter: @NaGradedoMMA
>> Leia todas as notícias de lutas no UOL Esporte

Erick Silva

Mas o show, que acontece na cidade de Sunrise, na Flórida, também contará com a presença de quatro brasileiros em seu card. O blog então vai contar qual é a situação de cada um deles dentro do Ultimate e de suas categorias.

Erick Silva - Aos 27 anos, o capixaba é apontado como uma das principais esperanças no Brasil no evento, ainda mais entre os meio-médios, categoria em que o país não está muito bem. Depois de uma estreia fulminante ao nocautear Luis Beição no primeiro UFC Rio em 40s, Erick teve a polêmica derrota por desqualificação para Carlo Prater no segundo evento no Rio, quando o árbitro Mario Yamazaki alegou golpes ilegais na nuca. Ele terá pela frente Charlie Brenneman, que tem um cartel de seis lutas e quatro vitórias no UFC.

Carlos Eduardo "Tá Danado"

Carlos Eduardo “Tá Danado'' - Com uma carreira toda feita na Alemanha, o lutador paraibano volta ao UFC depois de ter feito sua última luta apenas em fevereiro do ano passado, quando perdeu para Jake Ellenberger na edição 126. Essa será seu primeiro combate desde que entrou para a equipe BlackHouse, em Los Angeles, onde treinou com nomes como Anderson Silva e Lyoto Machida. Seu rival é o novo arquirrival dos brasileiro Mike Pierce, que vem provocando os lutadores do país nos últimos meses.

Caio Magalhães - Com apenas 24 anos, o lutador da academia Nova União do Rio de Janeiro tem apenas cinco lutas na carreira, mas ainda está invicto. O peso médio faz sua estreia no UFC contra o norte-americano Buddy Roberts, que também está indo para sua primeira luta no evento.

Bernardo Magalhães - Trekko, como é conhecido no mundo do MMA, faz sua segunda luta no UFC depois de uma fraca estreia no evento, perdendo para Tim Means em fevereiro deste ano. Depois de lutar apenas na Austrália, onde esteve em toda sua carreira e até conquistou um título, faz seu primeiro combate nos Estados Unidos. Ele agora enfrenta o norte-americano Henry Martinez.