Blog Na Grade do MMA

Chamado de “amador”, Weidman critica agente de Anderson e o acusa de tentar fugir de luta

Jorge Corrêa

Uma grande entrevista dos amigos da Tatame com o empresário de Anderson Silva Jorge Guimarães, o Joinha, repercutiu nos Estados Unidos. O agente chamou alguns dos principais nomes dos médios do UFC de “garotos amadores'' e agora ouviu uma dura resposta de Chris Weidman.

>> Siga o blog no Twitter: @NaGradedoMMA
>> Leia todas as notícias de lutas no UOL Esporte

Apontado como principais desafiante do campeão dos médios no momento, o americano criticou Joinha. Ele viu uma enorme falta de respeito do empresário em suas declarações. “Eu li isso e achei uma loucura''. disse Weidman em entrevista ao site americano MMA Weekly.

“Empresários não têm o direito de falar esse tipo de coisa de atletas profissionais. Ele colocou eu, Alan Belcher e Tim Boetsch para baixo tentando tirar a atenção do fato de eu ser o desafiante número 1. Ele nos chamou de amadores, sendo que todos nós somos top 10 da categoria.''

“Isso é o que fazemos para viver e vem um agente qualquer do Brasil e nos chama de amadores, me chama de piada? Isso é um pouco de loucura e não iria querer ver meu empresário falando esse tipo de coisa de outros atletas.''

Chris Weidman foi além. Para ele, os empresários de Anderson estão tentando escondê-lo, estão jogando nomes improváveis como desafiantes para o campeão, para que ele fique distante do noticiário e dos fãs de MMA.

“Estão tentando evitar que meu nome seja falado na disputa pelo cinturão. Estão citando outros nomes para as pessoas acharem que outros tem chance. Agora falam em GSP e Nick Diaz, mas os dois são meio-médios.''

“Ficam falando de caras mais leves, mas porque então não enfrenta Jon Jones? Essa luta faz sentido e todo mundo quer ver, eu gostaria de ver. Mas se ele não vai enfrentá-lo, que lute comigo, estou pronto para isso.''

O norte-americano, que tem apenas 11 lutas profissionais de MMA, mas segue invicto em sua carreira, reafirmou seu desafio pelo cinturão dos médios do UFC.

“Tudo que tenho por Anderson é respeito e espero sempre que ele enfrente os melhores caras, aqueles que vão lhe dar os melhores desafios. Nesse momento, eu sou esse cara, eu sou o maior desafio para ele.''
*****