Blog Na Grade do MMA

Bendo faz 1ª defesa do cinturão dos leves para confirmar fim do domínio de Edgar no UFC

Jorge Corrêa

Faz nada menos que 26 meses, quase dois ano e meio, que o UFC não sabe o que é uma disputa de cinturão dos leves sem Frankie Edgar. Com vitórias históricas, lutas épicas e resultados parelhos, ele foi se perpetuando como campeão da categoria até cruzar em fevereiro com Benson Henderson, quem finalmente lhe tirou o cinturão.

>> Siga o blog no Twitter: @NaGradedoMMA
>> Leia todas as notícias de lutas no UOL Esporte

Benson Henderson e Frankie Edgar

Mas de tanto pedir, pedir e pedir, Edgar ganhou a revanche contra Bendo. Apesar da derrota em decisão unânime, os dois se reencontrarão neste sábado, na luta principal do UFC 150. Mas além de tentar defender pela primeira vez seu cinturão dos leves, Henderson também poderá acabar de vez com esse domínio de Frankie Edgar dentro da categoria, fazer finalmente a fila andar.

Benson Henderson é famoso por seu estilo ousado, sempre tentando golpes diferentes, chutes altos, socos muito rápidos. Já Edgar é pura raça, puro coração. Por mais que apanhe muito, sofra os knock-downs, ele arruma uma maneira de levantar e reagir no combate.

“Cada um tem sua meta a longo prazo, e nesse esporte, quanto mais tempo você está nele, maior essa meta fica. A minha é ser cada vez melhor e fica para sempre com o cinturão, independente de quem seja meu rival. Por isso que não vi problema em aceitar essa revanche'', disse Bendo.

“Estava estava realmente triste, querendo essa revanche. Sabia que poderia ter essa nova chance, e aqui estamos nós'', resumiu Frankie, que depois de revanches para BJ Penn e Gray Maynard, exigiu ter uma nova chance, bateu o pé, e até confrontou Dana White. No final, conseguiu.

Essa também pode ser a última luta de Edgar entre os pesos leves. Por levar alguma desvantagem pelo tamanho dos rivais, sempre maiores, Dana pediu para ele descer para os penas e até ofereceu um desafio contra o campeão José Aldo. Em caso de nova derrota, essa mudança de pesado é praticamente certa.

E torcendo muito para um resultado claro, uma vitória justa para qualquer um dos dois, para que não seja necessário um terceiro combate, o presidente do Ultimate já avisou que quem sair com o cinturão dessa luta, vai enfrentar o eterno top contender Nate Diaz.

O card preliminar do UFC 150 começa às 20h e o principal às 23h e terá transmissão pelo canal em pay-per-view Combate. Você também por acompanhar pelo Placar UOL Esporte.

>>Sem brasileiros, veja 5 motivos para assistir ao UFC 150

*****