Blog Na Grade do MMA

Elogiado por campeão Bendo, Edgar esquece derrota polêmica e fala em “seguir em frente”

Jorge Corrêa

Assim como vem acontecendo nos últimos dois anos, a disputa do cinturão do leves do UFC acabou em um resultado parelho e polêmico no último sábado. Apesar de os fãs e boa parte da mídia especializada ter dado a vitória para Frankie Edgar no UFC 150, Benson Henderson acabou vencendo por pontos, em decisão dividida dos juízes, e mantendo o título.

>> Siga o blog no Twitter: @NaGradedoMMA
>> Leia todas as notícias de lutas no UOL Esporte

Apesar dessa polêmica no resultado, Frankie Edgar decidiu que é o momento de seguir a vida. Ele não vai mais pedir por revanches ou brigar por novas lutas.''Não importa o que eu penso agora'', resumiu o norte-americano.

“Fiquei muito chateado com o resultado, mas ninguém vai mudar essa decisão. Eu fiz tudo que podia e sinto que o quebrei na luta. Duvido que terei uma outra chance de disputar o cinturão contra o Benson. Estou seguindo em frente e sei que é isso que tenho de fazer agora'', completou o ex-campeão.

Se servir como consolação, Edgar recebeu muitos elogios do campeão. Ben Henderson disse que o rival foi um grande desafio dentro do octógono. “Frankie tem coração de campeão. Ele é um grande cara, um grande lutador. Muitos não apostavam nele nessa luta e não foi o que aconteceu. Pode ser que nos enfrentemos no futuro, algum dia.''

“Sei que muita gente não gostou do resultado, mas dei tudo de mim. Fiquei chateado por não ter vencido melhor, dei o máximo de mim. Me preparei muito e o rival fez um bom trabalho, veio muito bem'', seguiu Bendo, que agora defenderá seu cinturão contra contra Nate Diaz.

Sempre muito sincero e irritado com resultados polêmicos, o presidente Dana White resolveu não entrar nessa briga nessa vez. “Bendo me perguntou [dentro do octógono] quem venceu a luta e eu apenas respondi: 'Eu não sou juiz'.''

“Edgar sempre provou que pode ficar entre os leves. Falaram que ele não era grande o suficiente, forte o suficiente, duro o suficiente para a categoria. Acho que ele seria um monstro nos penas, mas ele gostar de estar aqui e queria muito essa luta.''

>>Com polêmica, Bendo vence Edgar e mantém cinturão


*****