Blog Na Grade do MMA

UFC convoca Aldo para exames nos EUA e técnico minimiza luta contra Edgar fora do Brasil

Jorge Corrêa

Na última segunda-feira o campeão dos penas do UFC disse no Twitter que estava viajando para Las Vegas. De cara, o blogueiro pensou: deve vir anúncio em breve, quem sabe sua próxima luta? Mas não era nada disso. Ele foi para os Estados Unidos para fazer exames nas lesões sofridas quando caiu de moto em setembro.

>> Blog no Facebook: FB.com/NaGradedoMMA
>> Todas as notícias sobre lutas no UOL Esporte

>> Siga o blog no Twitter: @NaGradedoMMA

O técnico e empresário do lutador, Dedé Pederneiras, explicou ao blog que que foi convocado pelo evento para se consultar com os médicos do Ultimate e entender porque ele ainda sente dores dos dois tornozelos. “Ele foi fazer exames com médicos de lá. Ele ainda está sentindo um pouco de dor, então foi ver o que era. Mas acreditamos que não é nada de mais.”

A previsão dos médicos brasileiros de Aldo segue a mesma: ele deve estar pronto para lutar entre o final de janeiro e começo de fevereiro. “O UFC que pediu para ele ir para lá, mas nosso médico e nosso pessoal disse que está tudo certo para mantermos esse calendário.”

Pederneiras ainda minimizou o fato de a defesa de cinturão de Aldo contra Frankie Edgar acontecer agora nos EUA – inicialmente, seria a luta principal do UFC Rio 3 no último sábado. “Para nós não tem problema nenhum. É o Dana White que manda. Infelizmente não será aqui, mas nunca escolhemos adversário nem local. E será assim mais uma vez.”

Aproveitei para perguntar sobre Renan Barão, campeão interino do galos. Dedé disse que seu comandado deve esperar mesmo o campeão Dominick Cruz se recuperar da lesão no joelho para unificar o título. “Ele acabou de ganhar o título, acabou de lutar. Vamos esperar. Olha quanto tempo o Condit esperou o GSP para unificar o cinturão?”

Tags : josé aldo