Blog Na Grade do MMA

Lyoto com a vacina antifrustração em dia

Jorge Corrêa

Lyoto Machida

Lyoto Machida

[tagalbum id=''17500″]


Dana White já tinha avisado: Se Lyoto vencesse Mousasi em Jaraguá do Sul, seria o próximo na fila pelo cinturão dos médios do UFC. Mas se tem alguém que sabe que uma promessa como essa não necessariamente é dívida, essa pessoa é Machida. Até por isso, ele está bem vacinado.

Conversei com o novo top dos pesos médios do Ultimate e ele está bem tranquilo com a chance de disputar um novo título do evento. Ex-campeão dos meio-pesados, sabe o tamanho da frustração de esperar um title shot que não vem. O presidente já lhe prometeu, por duas vezes, uma revanche contra Jon Jones, o que nunca aconteceu. A ideia foi enterrada com a derrota para Phil Davis.

Foi isso que Lyoto deixou claro nesse papo: dessa vez vai aguardar sem criar expectativas. Ele ainda falou sobre sua adaptação aos pesos médios, a expectativa para o combate que pode definir seu rival em uma disputa de cinturão e o que acha do uso do polêmico TRT.

Alguém do UFC, Dana White ou Lorenzo Fertitta, já te ligou, falou com você ou com seus empresários, para confirmar a disputa de cinturão? Até agora nada é oficial, não estou sabendo de nada. Não sei se está de pé. Mesmo assim, não estou preocupado com isso. O importante é participar bem das lutas e depois esperar.

Mas você acha que a promessa pode não ser cumprida? Eu aprendi muito com o que aconteceu comigo, por isso não vou ficar esperando a chance de lutar pelo título. Claro que eu quero, pode vir um pouco depois, é uma questão de tempo, por isso não vou ficar criando expectativa.

Ficou para você a lição do tempo que você ficou esperando a revanche contra Jon Jones e ela nunca aconteceu? Foi uma expectativa que eu mesmo criei, mas hoje eu sei como funciona o evento, é tudo muito profissional, depende do rendimento dos atletas no momento, de performance em vendas de pay-per-view. Eu tenho apenas de esperar.

Em que isso pode te ajudar agora? Naquela época achei que poderia acontecer e acabei de frustrando. Mas agora conta muito esse lado da experiência do que passei. Nem sempre o que eu quero vai acontecer.

  • 18326
  • true
  • http://esporte.uol.com.br/enquetes/2014/01/08/quem-vencera-a-proxima-disputa-de-cinturao-dos-medios-do-ufc.js

Foi mais fácil essa segunda luta como peso médio? Já está completamente adaptado? Estou me sentindo bem, não sou um cara que sofre cortando peso, no dia da luta estou com quase 90kg. Em relação a parte técnica e física, estou me sentindo igual, não estou mais fraco que meus rivais, com uma velocidade boa.

Qual é seu prognóstico para Chris Weidman x Vitor Belfort? Acho que é um confronto duro para os dois, qualquer um pode levar. Acho que no início da luta o Vitor tem mais chance, mas por outro lado, o Weidman compensa na resistência. É um cara jovem e com muita consciência.

O que você acha do TRT? Se precisasse, você faria uso? Eu acho que é justo se estiver dentro da regra, cada um tem suas razões, físicas, técnicas ou pessoais. Se ele está realmente nessa situação, não tem problema. Eu usaria. Se estivesse dentro da regra e para igualar a condição dos outros, não teria problema nenhum. As pessoas falam muita coisa, mas ele faz tudo certo.