Blog Na Grade do MMA http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br Sabia o que acontece dentro e fora do octógono Thu, 23 Mar 2017 15:34:16 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=4.7.2 Podcast #49 – Quem será o próximo brasileiro campeão do UFC http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2017/03/23/podcast-49-quem-sera-o-proximo-brasileiro-campeao-do-ufc/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2017/03/23/podcast-49-quem-sera-o-proximo-brasileiro-campeao-do-ufc/#comments Thu, 23 Mar 2017 15:34:16 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=20931
Sem eventos do UFC nesta semana, aproveitamos o hiato para discutir um assunto quente. O Brasil está perto de disputar a maioria dos cinturões do UFC no ano de 2017, com algumas lutas marcadas e outras perto de acontecer.

Debatemos as chance de Wilson Reis, Junior Cigano, Jéssica Andrade, Cris Cyborg, Amanda Nunes, José Aldo, Demian Maia e Ronaldo Jacaré.

Lembrando que você pode ouvir ou baixar para escutar na hora que quiser o programa pelo iTunesBasta entrar aqui. E não esqueça de assinar o canal, assim você nunca perderá um episódio.

Se você tem um aparelho com Android, pode usar qualquer aplicativo de podcast se inscrevendo com nosso XML: http://www3.uol.com.br/feed/podcast/na-grade-mma.xml

]]>
1
Lutador de MMA dá mata-leão em árbitro após ser derrotado em combate http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2017/03/22/lutador-de-mma-da-mata-leao-em-arbitro-apos-ser-derrotado-em-combate/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2017/03/22/lutador-de-mma-da-mata-leao-em-arbitro-apos-ser-derrotado-em-combate/#comments Wed, 22 Mar 2017 11:43:17 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=20927

O octógono pode não ser o lugar mais seguro para se ficar durante uma luta pelo perigo de levar um soco ou um chute, mas também pode ser um lugar perigoso depois do final do combate. O árbitro de uma disputa de MMA nos Estados Unidos, que aconteceu no último final de semana que o diga.

O lutador Joseph Nehm acabou derrotado por Ryse Brink, que logo depois de acabar com o adversário, foi comemorar com a galera. Mas o “combate” mais incrível da noite foi mesmo contra o árbitro.

Joseph Nehm ficou desorientado depois da luta e não percebeu que o combate havia chegado ao fim. Quando o árbitro chegou próximo a ele, Nehm foi para cima do árbitro e tentou dar um mata-leão no oficial (veja no vídeo acima em 30s). O combate era pelo Knockout Promotions KOP 54 MMA.

Imediatamente os outros oficiais se aproximaram para ajudar o árbitro a se livrar do lutador descontrolado.

]]>
5
Dentro de ambulância e com rosto destruído, sueca comemora vitória no UFC http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2017/03/19/dentro-de-ambulancia-e-com-rosto-destruido-sueca-comemora-vitoria-no-ufc/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2017/03/19/dentro-de-ambulancia-e-com-rosto-destruido-sueca-comemora-vitoria-no-ufc/#comments Sun, 19 Mar 2017 12:25:25 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=20925

A sueca Lina Lansberg ficou com o rosto destruído e precisou sair do octógono diretamente para a ambulância. Mas nem isso tirou a alegria da lutadora após seu triunfo sobre Lucie Pudilova pelo UFC Londres.

“Obrigado a todos pelos apoio. Eu amo vocês”, disse a lutadora em um vídeo em seu perfil no Instagram.

Depois, falou sobre sua situação no Facebook e disse não ter nenhum problema. “Estou muito bem. A ambulância foi apenas por diversão. Nada está quebrado e nem precise levar pontos. Estarei de volta aos treinos em três semanas”.

Lina Lansberg saiu com o rosto muito machucado | Crédito: Josh Hedges/Zuffa LLC

]]>
21
Sueca tem rosto “transformado” por rival no UFC Londres; veja fotos http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2017/03/18/sueca-tem-rosto-transformado-por-rival-no-ufc-londres-veja-fotos/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2017/03/18/sueca-tem-rosto-transformado-por-rival-no-ufc-londres-veja-fotos/#comments Sat, 18 Mar 2017 20:57:39 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=20921

Lina Lansberg saiu com o rosto muito machucado | Crédito: Josh Hedges/Zuffa LLC

Você pode não acreditar, mas Lina Lansberg saiu vitoriosa do combate contra Lucie Pudilova no UFC Londres. Neste sábado (18), na Inglaterra, a sueca saiu com rosto muito castigado – e até conectou menos golpes -, mas, mesmo assim, foi declarada vencedora por decDeisão unânime (triplo 29-28).

Depois de três rounds de trocação, Pudilova arriscou 277 golpes, conectando 163, sendo 99 deles significativos (89% foram diretos na cabeça da rival). E o estrago pode claramente ser visto no rosto da sueca, que saiu ensanguentada do octógono em Londres.

Lina, por sua vez, teve o controle do cage por quase seis minutos (05:55), acertando 96 golpes, sendo 80 significavos. A sueca, que já foi derrotada pela brasileira Cris Cyrbog, ainda conseguiu uma queda de sete tentadas no combate.

Josh Hedges/Zuffa LLC

]]>
16
Podcast #48 – Os bastidores da derrota de Belfort no UFC Fortaleza http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2017/03/15/podcast-48-os-bastidores-da-derrota-de-belfort-no-ufc-fortaleza/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2017/03/15/podcast-48-os-bastidores-da-derrota-de-belfort-no-ufc-fortaleza/#comments Wed, 15 Mar 2017 20:16:15 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=20919
Finalmente chegou o momento de Vitor Belfort parar de lutar MMA profissionalmente. Após sofrer o terceiro nocaute consecutivo, o último foi na luta principal do UFC Fortaleza no último sábado, o veterano admitiu que sua próxima luta será a última.

Esse é o principal tema do programa, que contou com a presença do jornalista Marcel Alcântara, que cobriu o evento na capital cearense pela Ag. Fight. Ele contou detalhes dos bastidores da luta e do retorno de Vitor para São Paulo.

Lembrando que você pode ouvir ou baixar para escutar na hora que quiser o programa pelo iTunesBasta entrar aqui. E não esqueça de assinar o canal, assim você nunca perderá um episódio.

Se você tem um aparelho com Android, pode usar qualquer aplicativo de podcast se inscrevendo com nosso XML: http://www3.uol.com.br/feed/podcast/na-grade-mma.xml

]]>
1
Lutadores protagonizam nocaute duplo em evento de MMA nos EUA; assista http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2017/03/13/lutadores-protagonizam-nocaute-duplo-em-evento-de-mma-nos-eua-assista/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2017/03/13/lutadores-protagonizam-nocaute-duplo-em-evento-de-mma-nos-eua-assista/#comments Mon, 13 Mar 2017 19:55:59 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=20916


Nocautes duplos são raros nas artes marciais mistas, mas, vez ou outra, acontecem dentro do cage. E os fãs do esporte puderam acompanhar um desses momentos especiais. Aconteceu na edição 285 do Shamrock FC, evento realizado em Kansas.

No último sábado (11), Alan Vasquez e Axel Cazares se enfrentavam e, ainda no primeiro round, protagonizaram o lance. Faltando pouco mais de um minuto para soar o gongo, os dois, ao mesmo tempo, conectaram golpes com a mão direito. O resultado? Os dois caíram nocauteados.

Vasquez, no entanto, conseguiu se levantar de forma mais rápida, enquanto Caceres tentou, mas acabou caindo novamente. Assim, Alan foi considerado o vencedor do combate.

]]>
8
Belfort tem lampejo do passado e mostra por que merece adeus digno do MMA http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2017/03/13/belfort-tem-lampejo-do-passado-e-mostra-por-que-merece-adeus-digno-do-mma/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2017/03/13/belfort-tem-lampejo-do-passado-e-mostra-por-que-merece-adeus-digno-do-mma/#comments Mon, 13 Mar 2017 15:03:19 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=20911

(Foto de Buda Mendes/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

Dono de cinturões em duas categorias diferentes do UFC e um dos grandes responsáveis pela massificação do MMA no Brasil e no mundo, Vitor Belfort finamente assumiu o inevitável: chegou a hora de parar.

Perto dos 40 anos e com mais de duas décadas de carreira como lutador profissional, o carioca admitiu que a idade chegou depois de ser nocauteado pela terceira vez consecutiva, agora pelo americano Kelvin Gastelum, 14 anos mais novo, na luta principal do UFC Fortaleza, no último sábado.

O principal sintoma de que chegou a hora dele para é claro: o queixo de vidro. Vítor não consegue mais absorver os golpes que leva na cabeça como antigamente. É um efeito clássico de qualquer esporte de combate que tem o rosto como principal alvo. Claro que é algo que pode ser trabalhado e melhorado, mas aparentemente ele sentiu que não consegue evoluir mais nesse sentido. Belfort assumiu que seu corpo não se recupera mais rapidamente.

O triste é que essa nova derrota avassaladora eclipsou algo bom no jogo de Vitor. Depois de ter apenas andado para trás e se defendido nas derrotas para Ronaldo Jacaré e Gegard Mousasi, ele finalmente mostrou o espírito de seus velhos tempos,? voltou a atacar e acertou bons golpes rápidos – marcas de sua carreira – em Gastelum. Mas acabou vítima do seu queixo fraco, com dois knockdows antes de ser nocauteado.

Logo após a derrota no Nordeste, ele afirmou que tem mais uma luta em seu contrato no UFC e que essa será a última de sua carreira. Então começa a corrida para que ele tenha uma despedida digna do octógono que ele tanto ajudou a ficar famoso.

Belfort e o UFC precisam avaliar muito bem as condições para esse combate final, pois se tem alguém que merece deixar o MMA com uma boa impressão é o brasileiro.

Vimos que ele não consegue mais bater de frente com um jovem prospecto, como foi no último sábado, e também não tem mais punch para enfrentar um top 5 da categoria, como Jacaré ou Mousasi. Mas também não seria honroso ele pegar alguém de fora dos 15 melhores do ranking.

Alguém mais rodado e que já tenha uma história no UFC seria perfeito, com Belfort fazendo uma grande preparação, sem se apressar ou querer marcar logo essa luta para apagar o que aconteceu no último ano.

Há nomes como Rashad Evans, ex-campeão que recentemente lutou como peso médio, também vem de série de derrotas, mas conserva um nome forte no Ultimate. E por mais que o timing não seja mais dos melhores, talvez a luta perfeita ainda fosse a revanche contra Anderson Silva. Muita gente pagaria para ver esse combate novamente e poderia ser a luta principal de qualquer evento no Brasil.

]]>
4
UFC Fortaleza será divisor de águas para Vitor Belfort e Maurício Shogun http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2017/03/11/ufc-fortaleza-sera-divisor-de-aguas-para-vitor-belfort-e-mauricio-shogun/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2017/03/11/ufc-fortaleza-sera-divisor-de-aguas-para-vitor-belfort-e-mauricio-shogun/#comments Sat, 11 Mar 2017 07:00:12 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=20895

Fortaleza definirá futuro de Belfort (esq.) e Shogun (dir.) no UFC | Crédito: Divulgação/UFC

Por Guilherme Dorini

O UFC volta ao Brasil neste sábado (11), quando fará sua segunda edição em Fortaleza, no Ceará. E, mais uma vez, a organização apostou em dois veteranos das artes marciais mistas para liderar o evento. É verdade que Vitor Belfort e Maurício Shogun ainda possuem algum apelo ao público brasileiro, mas precisarão tomar cuidado dentro do octógono, já que seus combates poderão representar um divisor de águas em suas respectivas carreiras.

Ainda existe um Fenômeno?

Belfort é considerado um dos maiores lutadores de todos os tempos do esporte, mas tem abusado de seu nome para se manter na elite dos pesos-médios (até 84 kg) do UFC. Uma hora a idade, 39 anos, e o cartel pesarão (se é que já não estão pesando) e o cenário pode mudar. Por isso, uma vitória contra o peso-meio-médio (até 77 kg) Kelvin Gastelum, que está se arriscando na divisão de cima, é fundamental.

Depois de não conseguir tirar o cinturão de Chris Weidman em 2015, sendo nocauteado no primeiro round, Belfort se reergueu com uma vitória imponente sobre Dan Henderson em São Paulo. Mas, convenhamos, Hendo, com seus quarenta e tantos anos, já fazia hora extra na organização.

Na sequência, se arriscou contra dois tops dos médios, e enfrentou a dura realidade. Contra Ronaldo Jacaré, sucumbiu no primeiro round. Já contra Gegard Mousasi, até chegou ao segundo assalto, mas foi completamente passivo, dominado pelo rival e acabou nocauteado. Um Fenômeno irreconhecível.

Agora, neste sábado, a esperança é de que ao menos um pouco daquele antigo Belfort apareça. E, apesar da idade, a oportunidade é boa. Gastelum está longe de ser um adversário fácil, mas a diferença de tamanho – claramente notada durante as encaradas –, pode ajudar o brasileiro. Uma vitória dará novo fôlego ao Fenômeno. Para quê? Só o tempo dirá. Um revés, o terceiro seguido, com certeza fará o UFC pensar diferente em relação ao seu futuro.

Agora vai, Shogun?

Shogun vive situação semelhante, mas, ao mesmo tempo, diferente de Belfort. Confuso, não? Eu explico. Ao contrário de Vitor, o lutador paranaense vem de duas vitórias seguidas. Mas, então, por que o momento é parecido? Shogun simplesmente não empolga mais há um bom tempo.

Shogun dá a impressão de que lutava por um objetivo e, quando o alcançou, “cansou”. O ex-campeão do Pride chegou com uma grande expectativa no UFC. E correspondeu. Venceu nomes como Chuck Liddell e Mark Colaman antes de conquistar o cinturão dos meios-pesados (até 93 kg) de Lyoto Machida, em uma luta que marcava a revanche com o compatriota.

Depois, logo na sequência, teve seu cinturão tomado por um novato, ninguém menos que Jon Jones. Na sequência, subiu no octógono mais oito vezes, mas sequer emplacou duas vitórias seguidas. Foram três triunfos e cinco derrotas, sendo finalizado até mesmo por Chael Sonnen.

Shogun foi finalizado por Sonnen | Crédito: Jared Wickerham/Getty

Mas lembra que disse que, agora, Shogun vem de duas vitórias seguidas? Então, concluímos que esse é o melhor momento do brasileiro em seis anos, certo? Sim e não. Em números, sim. Seu desempenho, no entanto, deixa a desejar. Primeiro, venceu a revanche contra Rogério Minotouro por decisão unânime, apesar de não convencer todos os torcedores. Depois, em Curitiba, teve o braço erguido por decisão dividida contra Corey Anderson. Essa, sim, foi muito questionada.

Para sorte de Shogun, que fez apenas duas lutas em dois anos, a divisão dos meio-pesados é muito rasa (para não dizer fraca). Apesar de todo esse histórico, o brasileiro de 35 anos ainda é o sexto da categoria, que não sabe como Jon Jones voltará (se votar) e, frequentemente, repete desafiantes ao cinturão.

Neste sábado, ele enfrenta Gian Villante, apenas 12º da divisão, que também possui um cartel irregular na organização e não inspira muita confiança. Resta saber que Shogun entrará no octógono. Uma vitória certamente fará ele crescer na divisão e, quem sabe, voltar a enfrentar os tops por uma disputa de cinturão. Já uma derrota, ou até mesmo uma atuação apática, pode representar o fim da linha (ou de aspirações maiores) para o brasileiro.

Shogun venceu, mas não convenceu em Curitiba | Foto: Heuler Andrey/UOL

Confira tudas as lutas do UFC Fortaleza:
Acompanhe o evento em tempo real no Placar UOL Esporte

Card principal

Vitor Belfort x Kelvin Gastelum
Maurício Rua x Gian Villante
Edson Barboza x Beneil Dariush
Jussier Formiga x Ray Borg
Bethe Correia x Marion Reneau
Alex “Caubói” x Tim Means

Card preliminar

Francisco ‘Massaranduba’ x Kevin Lee
Serginho Moraes x Davi Ramos
Rani Yahya x Joe Soto
Michel ‘Trator x Josh Burkman
Rony Jason x Jeremy Kennedy
Garreth McLellan x Paulo Henrique ‘Borrachinha’

]]>
8
Podcast #47 – Tudo sobre o UFC Fortaleza e a dura vida de Demian Maia http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2017/03/09/podcast-47-tudo-sobre-o-ufc-fortaleza-e-a-dura-vida-de-demian-maia/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2017/03/09/podcast-47-tudo-sobre-o-ufc-fortaleza-e-a-dura-vida-de-demian-maia/#comments Thu, 09 Mar 2017 17:57:20 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=20893
Neste sábado, acontece o primeiro UFC no Brasil nesta temporada. Com o veteraníssimo Vitor Belfort enfrentando a revelação Kelvin Gastelum na luta principal, a cidade de Fortaleza recebe uma legião de brasileiros.

Além de falarmos de todo o card, ainda tivemos a participação da ex-desafiante pelo cinturão peso galo feminino Bethe Correia, que falou sobre sua luta contra Marion Reneau no card principal.

Também conversamos sobre o futuro de Demian Maia, que terá de enfrentar Jorge Masvidal no UFC 211 antes de disputar o cinturão dos meio-médios.

Lembrando que você pode ouvir ou baixar para escutar na hora que quiser o programa pelo iTunesBasta entrar aquiE não esqueça de assinar o canal, assim você nunca perderá um episódio.

Se você tem um aparelho com Android, pode usar qualquer aplicativo de podcast se inscrevendo com nosso XML: http://www3.uol.com.br/feed/podcast/na-grade-mma.xml

]]>
1
Brasil pode ter oito campeões do UFC em 2017. Veja quem tem mais chance http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2017/02/23/brasil-pode-ter-oito-campeoes-do-ufc-em-2017-veja-quem-tem-mais-chance/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2017/02/23/brasil-pode-ter-oito-campeoes-do-ufc-em-2017-veja-quem-tem-mais-chance/#comments Thu, 23 Feb 2017 07:00:27 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=20880


A Era de Ouro do Brasil no UFC pode ser retomada nesta temporada. Na verdade, o ano de 2017 pode dar ao país um número recorde de cinturões. Os lutadores brasileiros – que já detiveram 4 títulos simultaneamente nos idos do ano de 2012 – podem ser donos de oito dos 11 ouros.

Vou então listar abaixo quais são as categorias que o Brasil pode ter – ou já tem – campeões neste ano e quem são os atletas com mais chance.

Peso palha feminino (até 52kg) – Jéssica Andrade já foi anunciada como próxima desafiante da campeã Joanna Jędrzejczyk. Apesar de sua boa fase na nova categoria, a paranaense terá vida muito dura contra a polonesa. Precisará ter a melhor atuação de sua vida para sagrar-se campeã. ATUALIZAÇÃO: A polonesa anunciou que a luta entre as duas vai acontecer no UFC 211, em 13 de maio.

Peso galo feminino (Até 61kg) – Amanda Nunes tem tudo para se manter como campeã do peso por muito tempo. Sua próxima luta será contra Valentina Shevchenko, a quem já venceu no UFC.

Peso pena feminino (até 66kg) – Cris Cyborg dificilmente precisará de mais de um round para tomar o cinturão inaugural das mãos de Germaine de Randamie. Dana White já avisou que a brasileira é a próxima desafiante, mas a holandesa está claramente fugindo do combate e vem falando em conceder revanche para Holly Holm.

Peso mosca (até 57kg) – Wilson Reis já foi convocado para uma disputa de cinturão, que acabou caindo por conta de uma lesão de Demetrious Johnson. Mas agora, o campeão está absolutamente sem adversários na categoria e o brasileiro deve ser chamado para o title shot. Será complicado para Wilson, que terá pela frente o campeão mais dominante do UFC na atualidade.

Peso pena (até 66kg) – José Aldo retomou o cinturão que foi seu por muitos anos e agora o colocará em jogo contra o campeão interino Max Holloway no UFC Rio, em junho. Não deve ter problemas para mantê-lo e depois pensar em caçar seu algoz Conor McGregor na categoria de cima.

Peso meio-médio (até 77kg) – Demian Maia está apenas esperando sentado pelo vencedor da disputa de cinturão entre Tyron Woodley e Stephen Thompson, no UFC 209. O brasileiro já foi confirmado como próximo desafiante e, se mantiver a técnica de chão de suas últimas lutas, tem condições de vencer qualquer um dos dois e se tornar campeão do Ultimate.

Peso médio (até 84kg) – Ronaldo Jacaré tem apenas que ver quando o campeão Michael Bisping vai sair de cima do muro e colocar o cinturão em jogo. A questão é apenas quando o brasileiro terá sua chance, mas não deve passar desse ano, já que o inglês fala em enfrentar Yoel Romero e até GSP antes de dar a chance para Jacaré.

Peso pesado (até 120kg) – Junior Cigano disputará o cinturão que já foi seu em maio, contra o campeão Stipe Miocic, com o retrospecto de já ter vencido o norte-americano em 2014. Entra no octógono com boas chances de retomar o título. E o Brasil pode ter mais uma chance ainda em 2017 na categoria, se Fabrício Werdum vencer Bem Rothwell neste mesmo card.

]]>
17