Blog Na Grade do MMA » demian maia http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br Sabia o que acontece dentro e fora do octógono Sat, 23 Jul 2016 14:27:40 +0000 pt-BR hourly 1 http://wordpress.org/?v=4.2.5 Mesmo com luta morna, sensação complica vida de Demian no UFC http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2016/06/20/mesmo-com-luta-morna-sensacao-complica-vida-de-demian-no-ufc/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2016/06/20/mesmo-com-luta-morna-sensacao-complica-vida-de-demian-no-ufc/#comments Mon, 20 Jun 2016 09:00:15 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=20017

A vitória de Stephen Thompson sobre Rory MacDonald pode deixar uma luta muito aguardada pelos brasileiros para depois. Demian Maia estava atento a este combate, que ajuda a definir a fila do cinturão dos meio-médios, e a verdade é que Thompson tem tudo para passar à frente.

O lutador norte-americano, famoso pelo seu estilo baseado no caratê e a forte trocação, venceu por pontos MacDonald, que em sua luta anterior perdeu para Robbie Lawler em disputa de cinturão. O combate foi morno, quase um jogo de xadrez, por conta da técnica apurada e a forte trocação de ambos os lados, mas teve vitória clara do lutador de 33 anos.

Mais que a performance, que na verdade acabou vaiada pela torcida, Thompson tem a seu favor o histórico recente de combates que fez. São sete vitórias consecutivas. Entre elas, as duas últimas foram contra ninguém menos que um ex-campeão – nocaute em Johny Henrdicks, no primeiro round (!) – e agora contra o ex-desafiante ao cinturão MacDonald.

O estilo plástico, as vitórias contra nomes consagrados e o momento são os fatores a favor de Lawler. Stephenson é uma novidade no meio-médio, mesmo aos 33 anos, e daria um novo fôlego à categoria disputando ou até conquistando o cinturão.

Em comparação, Demian tem cinco vitórias consecutivas, e seus rivais não foram contra nomes tão fortes (Alexander Yakovlev, Ryan LaFlare, Neil Magny, Gunnar Nelson e Matt Brown). Brown, no UFC de Curitiba, foi seu maior feito. Um trunfo de Demian seria o fato de ele ter um jogo de chão como Robbie Lawler nunca encarou como campeão.

Mas, antes de Thompson ou Demian se colocarem como desafiantes, Robbie Lawler já tem luta marcada para julho. Ele pega Tyron Woodley.

]]>
6
Demian já não esconde a insatisfação com decisão do UFC http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2016/05/24/demian-ja-nao-esconde-a-insatisfacao-com-decisao-do-ufc/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2016/05/24/demian-ja-nao-esconde-a-insatisfacao-com-decisao-do-ufc/#comments Tue, 24 May 2016 15:10:57 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=19830
Com cinco vitórias consecutivas e apenas duas derrotas em 10 lutas de meio-médios, Demian Maia não quer mais saber de paz. Seu discurso agora é simples: ele é quem merece a próxima disputa de cinturão da categoria. O paulista deixou isso claro em sua participação no podcast desta semana.

Demian não conseguiu engolir o fato de o Ultimate ter anunciado Tyron Woodley como rival do campeão Robbiw Lawler no UFC 201, no final de julho, mesmo que esse encontro já viesse sendo especulado nos últimos tempos.

“Sei que essa luta já estava acordada e perto de ser anunciada, mas você acaba não entendendo as coisas. Woodley faz um ano e meio que não luta, nesse mesmo tempo eu consegui quatro vitórias. O próprio [Stephen] Thompson conseguiu algumas vitórias, então não dá para entender a preferência. As vezes é difícil entender a cabeça de quem decide.”

“Pessoal gosta de fazer teoria da conspiração, mas acho que é simples. Em qualquer organização, da pequena à grande, existem preferências pessoais. O ser humano é ser humano no fim das contas, mesmo sendo um grande empresário. Mas em termo esportivo, é um pouco surpreendente”, completou Maia.

Com essa disputa de cinturão definida, Demian agora precisa esperar. Não pretende fazer nenhum combate até ter o seu segundo title shot – o primeiro foi entre os médios contra Anderson Silva – o que pode acontecer no segundo semestre. Mas para ele, tanto faz quem vai vir do UFC 201.

Eu tenho a expectativa de lutar pelo cinturão, seja quem for o campeão. Nunca quis alguém especificamente. Meu empresário está conversando agora com o UFC e vamos ver o que vai acontecer. Eu não tenho ideia do que vai acontece. Para mim tanto faz o Woodley ou o Lawler.

***

Lembrando que agora você pode ouvir ou baixar para escutar na que quiser o programa pelo iTunes. Basta entrar aqui. E não esqueça de assinar o canal, assim você nunca perderá um episódio.

]]>
3
Podcast #14 – Detalhes e bastidores do UFC 198 com Demian e Shogun http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2016/05/23/podcast-14-detalhes-e-bastidores-do-ufc-198-com-demian-e-shogun/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2016/05/23/podcast-14-detalhes-e-bastidores-do-ufc-198-com-demian-e-shogun/#comments Mon, 23 May 2016 18:32:20 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=19828
Sim, ainda vamos falar mais um pouco do UFC 198, que aconteceu há mais de uma semana em Curitiba. Além de o evento ter sido histórico, temos outro bom motivo. No episódio desta semana, temos a participação no estúdio de Demian Maia e Maurício Shogun, que venceram no evento.

Os brasileiros contaram detalhes e bastidores do card na Arena da Baixada, além de darem os caminhos que pretendem trilhar em suas carreiras daqui para frente.

Demian e Shogun também dão seus pitacos sobre o evento desta semana, que tem Thomas Almeida na luta principal e Renan Barão fazendo sua estreia como peso pena no Ultimate.

Lembrando que agora você pode ouvir ou baixar para escutar na que quiser o programa pelo iTunesBasta entrar aqui. E não esqueça de assinar o canal, assim você nunca perderá um episódio.

]]>
0
UFC frustra Demian e anuncia outro desafiante ao título de Lawler http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2016/05/18/ufc-frustra-demian-e-anuncia-o-proximo-desafiante-ao-titulo-de-lawler/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2016/05/18/ufc-frustra-demian-e-anuncia-o-proximo-desafiante-ao-titulo-de-lawler/#comments Wed, 18 May 2016 09:45:47 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=19758

Demian Maia fez tudo o que podia: venceu mais uma luta de forma arrasadora, enfileirou seu quinto rival seguido, falou em alto e bom som que merece a disputa de cinturão. Mas, ainda não adiantou. O UFC anunciou no fim da terça-feira que Robbie Lawler tem um novo desafiante pelo cinturão dos meio-médios.

Tyron Woodley foi o escolhido pela organização para a luta principal do UFC 201, que será realizado em Atlanta (EUA), no dia 30 de julho. Daqui a menos de três meses, portanto. Curiosamente, eles são da mesma equipe, a American Top Team.

Lawler vem de vitória contra Carlos Condit – um resultado, na verdade, que foi muito discutido à época – e tentará sua terceira defesa de cinturão. Já Woodley tem quatro vitórias nas últimas cinco lutas, sendo que bateu Kelvin Gastelum na mais recente. Na ocasião, seu rival não bateu o peso e a vitória veio em decisão dividida, apenas.

O confronto era esperado. Mas, além de Woodley não ter uma série tão impressionante como a de Demian, ele não luta desde janeiro de 2015… Isso é um problema porque a fila do UFC tem de andar – e não esperar um lutador por tanto tempo para lhe dar uma chance – e porque sua condição física para um retorno direto para uma luta de cinturão pode ficar afetada. O norte-americano deveria ter enfrentado Johny Hendricks em outubro de 2015, mas a luta caiu por problemas do rival com o corte de peso.

O momento agora é de esperar pelo UFC 201. Depois dele, será a ocasião perfeita para Demian enfrentar o campeão, especialmente se for Robbie Lawler, e dar a ele seu primeiro desafiante com um exímio jogo de finalizações, fugindo um pouco das batalhas na trocação dos oponentes anteriores.

Mas teremos de esperar, mesmo que isso seja o que menos quer um Demian Maia no alto de seus 38 anos.

]]>
26
Por que Demian Maia merece disputar o cinturão se vencer no UFC 198 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2016/05/13/por-que-demian-maia-merece-disputar-o-cinturao-de-vencer-no-ufc-198/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2016/05/13/por-que-demian-maia-merece-disputar-o-cinturao-de-vencer-no-ufc-198/#comments Fri, 13 May 2016 09:01:17 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=19690

Aos 38 anos, Demian Maia poderia já estar pensando nas últimas lutas de uma longa e interessante carreira no UFC, onde trabalha desde 2007 e está indo para sua 23ª luta (!!!). Com uma (talvez precipitada) disputa de cinturão já no currículo, contra Anderson Silva, o veterano encontrou forças para se reinventar em uma nova categoria e agora está novamente perto do ouro.

Fechando o card preliminar do UFC 198, em Curitiba, o paulista tem a luta mais importante desta nova fase de sua longeva carreira. Se ele vencer o duríssimo trocador Matt Brown, tem tudo para ser o próximo desafiante pelo cinturão dos meio-médios. Mais que isso. Se ele vencer e convencer, MERECE esse title shot.

Mas por que?

Depois de uma primeira corrida frustrada pelo título até 77 kg, quando conseguiu três vitórias seguidas, mas acabou derrotado em seguida para Jake Shields e Rory MacDonald em duas lutas em que teve a possibilidade de vencer, Demian vem enfileirando adversários com a maestria do seu jiu-jítsu.

“Com certeza eu deveria ter tido a chance de disputar o cinturão antes, mas espero fazer meu trabalho bem feito no sábado. Nada é mais importante que isso neste momento˜, desabafou o veterano durante evento de imprensa em Curitiba.

Neste momento, Demian vem de quatro vitórias consecutivas. Tirando Alexander Yakovlev, que começou essa série, venceu de maneira contundente três lutadores que estavam em alta e com boa sequência na época dos combates ou eram apontados como promessas da categoria: Ryan LaFlare, Neil Magny e Gunnar Nelson.

Nenhum outro top dos meio-médios tem uma série tão boa, tirando o campeão Robbie Lawler.

Depois de sua última vitória, no final do ano passado, contra o islandês amigo de Conor McGregor, ele começou a exigir esse title shot de maneira enfática. Mas pelo menos neste momento acabou sendo preterido. O próximo desafiante será Tyron Woodley, provavelmente no UFC 201.

Maia então preferiu fazer seu argumentos dentro do octógono. Se ele vencer Matt Brown da maneira que o fez com seus últimos adversários, não terá como Dana White e seus pares negarem os pedidos deles.

Receba notícias de MMA pelo Whatsapp

Quer receber notícias no seu celular sem pagar nada? 1) adicione este número à agenda do seu telefone: +55 11 94546-6166 (não esqueça do “+55″); 2) envie uma mensagem para este número por WhatsApp, escrevendo só: aldo10

]]>
2
Demian ganha grande pedra no caminho para a disputa de cinturão do UFC http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2016/02/07/demian-ganha-grande-pedra-no-caminho-para-a-disputa-de-cinturao-do-ufc/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2016/02/07/demian-ganha-grande-pedra-no-caminho-para-a-disputa-de-cinturao-do-ufc/#comments Sun, 07 Feb 2016 17:22:58 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=18792

Stephen Thompson conseguiu um bom nocaute sobre Johny Hendricks

Em um evento esvaziado, depois de ver a disputa de cinturão dos pesados ser tirada dele de última hora, o UFC ganhou um novo desafiante pelo cinturão dos meio-médios. Mas quem não deve ter gostado nada disso é o brasileiro Demian Maia, que também está nessa corrida pelo título que está nas mãos de Robbie Lawler.

No último sábado, o norte-americano Stephen Thompson deu uma aula de trocação e de como colocar o caratê no MMA (sdds dos bons tempos de Lyoto Machida) e não tomou conhecimento do ex-campeão da categoria Johny Hendricks. Foi uma vitória contundente contra o número 2 do ranking dos meio-médios – deve cair algumas posições nesta semana.

“Claro que quero a chance disputar o cinturão. Venci o Hendricks, que é um cara duro e o segundo no ranking, ex-campeão dos meio-médios. Então, estou pedindo uma luta pelo título. Sei que há um monte de gente nesse fila, mas acho que após essa performance, eu mereço”, afirmou Thompson logo após sua sexta vitória consecutiva no UFC.

Essa afirmação vai diretamente ao encontro de Demian Maia. O brasileiro, depois de bater de maneira contundente Gunnar Nelson no final do ano passado, exigiu a chance de um title shot. No entanto, ganhou outro adversário: vai enfrentar Matt Brown no Brasil, em 14 de maio. Um rival difícil e gabaritado para o campeão mundial de jiu-jítsu.

Se Thompson não tivesse conseguido uma vitória tão impressionante quanto essa contra um ex-campeão, Demian precisaria de uma vitória simples para garantir seu title shot. Agora, precisará vencer e convencer. Quem tiver a melhor vitória, deve conseguir a disputa de cinturão dos meio-médios.

Ah, não podemos esquecer que ainda há a possibilidade de Robbie Lawler fazer uma revanche imediata contra Carlos Condit depois da luta parelha que fizeram em janeiro.

]]>
3
Demian ataca ranking do UFC e vê momento certo para disputa de cinturão http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2015/12/13/demian-ataca-ranking-do-ufc-e-ve-momento-certo-para-disputa-de-cinturao/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2015/12/13/demian-ataca-ranking-do-ufc-e-ve-momento-certo-para-disputa-de-cinturao/#comments Sun, 13 Dec 2015 10:10:18 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=18363


Acabou a paciência de Demian Maia. Com a quarta vitória consecutiva entre os meio-médios, conquistada neste sábado no UFC 194 sobre Gunnar Nelson, depois de dominar o irlandês no chão e vencer por pontos em decisão unânime dos juízes, o brasileiro atacou o ranking do UFC e exigiu que seja o próximo desafiante pelo cinturão da categoria, enfrentando o vencedor de Robbie Lawler x Carlos Condit, que se enfrentam em janeiro.

“Não dá para entender como esse ranking funciona. Finalizei o Neil Magny, ganhei o prêmio de performance da noite. Depois, ele lutou duas vezes, venceu o Erick Silva e o Gastelum e subiu duas posições. E eu sigo em sexto lugar. Esse ranking tem de ser mais exato. Estou pronto para a disputa de título, sou um atleta melhor e um lutador melhor”, afirmou.

Essa crítica pode ser encarada como um ataque a imprensa, afinal, quem faz o ranking são jornalistas especializados em MMA. Mas agora, ele garante estar pronto para sua segunda disputa de cinturão – ele já enfrentou Anderson Silva pelo título dos médios e acabou derrotado em 2010.

“Eu me sinto melhor todos os dias com meu time, principalmente depois que desci de peso. Estou no auge e agora eu quero ir para o título. Acredito de verdade que eu posso vencer qualquer um. Tive nove lutas nessa categoria e venci sete, todas de forma dominante. Perdi para o Rory, que dominei um round, e para Jake Shields, que achou que não perdi”, completou.

]]>
2
UFC Rio em Vegas: Demian fecha card de Aldo x McGregor ante islandês Top 11 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2015/09/04/ufc-rio-em-vegas-demian-fecha-card-de-aldo-x-mcgregor-ante-islandes-top-11/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2015/09/04/ufc-rio-em-vegas-demian-fecha-card-de-aldo-x-mcgregor-ante-islandes-top-11/#comments Fri, 04 Sep 2015 13:00:56 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=16880

Recuperado de uma grave infecção por estafilococo que o tirou o evento que acontece em São Paulo em agosto, Demian Maia já tem data para retornar ao UFC. E não é qualquer data. Ele foi escolhido para finalizar um dos melhores card do ano e contra um grande rival.

O blog apurou que o paulista, 6º do ranking dos meio-médios, enfrenta o islandês Gunnas Nelson, número 11 da categoria, no UFC 194, o baita evento marcado para 12 de dezembro, em Las Vegas.

É o mesmo card em que teremos a unificação do cinturão dos penas entre José Aldo e Conor McGregor, além da disputa do título dos médios entre Chris Weidman e Luke Rockhold.

Esse também será um card especial para os brasileiros. Das 12 lutas marcadas para o MGM Grand Garden Arena, seis contarão com brasileiros (confira quais são todas na lista abaixo).

Falando um pouco mais sobre a situação de Demian Maia, essa é a luta perfeita para que ele volte a pensar e disputar o cinturão dos meio-médios. Depois de ter ficado na cara do gol do title shot – mas desperdiçou a chance ao ser derrotado por Jake Shields -, o brasileiro está com três vitórias consistentes em sequência.

Se vencer um cara ranqueado, como Gunnar Nelson, Demian pode, sim, vislumbrar uma luta pelo título da categoria em breve.

UFC 194 – Card completo (ordem as lutas não definidas)

José Aldo x Conor McGregor
Chris Weidman x Luke Rockhold
Yoel Romero x Ronaldo Jacaré
Max Holloway x Jeremy Stephens
Urijah Faber x Frankie Saenz
Demian Maia x Gunnar Nelson
Tecia Torres x Michelle Waterson
Warlley Alves x Colby Covington
Marcio Lyoto X Court McGee
John Makdessi x Yancy Medeiros
Kevin Lee x Léo Santos
Magomed Mustafaev x Joe Proctor

]]>
5
Top 5: Os maiores artistas da finalização no UFC http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2015/05/06/top-5-os-5-maiores-artistas-da-finalizacao/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2015/05/06/top-5-os-5-maiores-artistas-da-finalizacao/#comments Wed, 06 May 2015 20:00:28 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=15240

Relembre finalizações memoráveis no UFC

Veja Álbum de fotos

Dando continuidade à série de “top 5” no blog, que começamos na semana passada listando os 5 lutadores com as mãos mais pesadas do UFC, desta vez é hora de falar dos finalizadores mais casca grossas da organização.

Se o jiu-jítsu foi a primeira arte marcial “suprema” do Ultimate, com Royce Gracie, são poucos os lutadores que tem como característica a arte de finalizar. E estamos falando não só de encaixar mata-leões, mas de ter um cardápio variado e de saber se adaptar e surpreender um adversário com movimentos variados na arte suave.

Para se ter uma ideia, ninguém chegou ao recorde de Royce até hoje, com 11 vitórias por finalização no Ultimate. E, se você imagina que só brasileiros dominam a luta incrementada pela família Gracie, ledo engano. Vamos aos nomes e dê sua lista lá embaixo nos comentários:

Menções honrosas:
Rodrigo Minotauro, Joe Lauzon, Frank Mir, Fabrício Werdum e Nate Diaz.

5. Jon Jones
Há diversos nomes que podiam entrar nessa lista – por isso as menções honrosas acima -, mas ter Jon Jones é algo conceitual. Explicando: em um tempo em que faixas pretas são distribuídas em enorme número e nem sempre com merecimento completo, observar o que Jones já fez mesmo sendo apenas um faixa branca em jiu-jítsu é impressionante. Das suas 15 vitórias no UFC, cinco foram por finalização, e com desfechos variados. Do mata-leão em Rampage à americana em Vitor Belfort, o norte-americano se destacou mesmo foi com a guilhotina invertida que APAGOU Lyoto Machida ainda em pé.

4. Demian Maia
Poucos lutadores são tão ligados à imagem do jiu-jítsu quanto Demian Maia. E não teria como não ser: ele venceu cinco lutas seguidas em seu início no UFC, ganhando quatro prêmios de melhor finalização da noite. Tudo bem que depois disso a arte suave do paulista deixou de funcionar tão bem. Mas, recentemente, Demian adicionou uma dose extra de wrestling à sua preparação, voltando a botar pressão no seu jiu-jítsu e mostrando que seu talento para fazer rivais baterem nunca sumiu.

3. Ronaldo Jacaré
Jacaré fez um caminho comum no mundo do MMA – por sinal, como o de Demian. Um ás do jiu-jítsu que busca um novo caminho, com mais repercussão e dinheiro, e vai parar no MMA. Quem não se adapta nesta transição, dificilmente tem sucesso. E o manauara soube virar um atleta completo, inclusive com bons nocautes no cartel. Mas o carro-chefe segue sendo a arte suave. São cinco vitórias no UFC, com três finalizações. Chris Camozzi foi pego por duas delas, incluindo a rápida chave de braço no mês passado, em 2min33s. Gegard Mousasi também teve de bater, ao se ver aprisionado em uma guilhotina. Katagatame, mata-leão e triângulos também estão no repertório de Jacaré, em vitórias conquistadas antes de seus dias de UFC.

2. Ronda Rousey
A campeã peso galo do UFC fez fama ao vencer de uma única forma: finalização no 1º round, via chave de braço. Foi assim que acabaram suas primeiras oito lutas e assim também que ela bateu sua mais recente rival, Cat Zingano, triunfando em apenas 14 segundos. O segredo de Ronda é ter treinado desde menina o movimento – ela diz que sua mãe a atacava em sua casa a qualquer instante, aplicando chaves de braço e ela tinha de se defender. O fato de Ronda ser unidimensional em suas finalizações faz seu posto na lista poder ser questionável. Mas o fato de ninguém ter conseguido um antídoto contra a campeã justifica sua fama e seu posto entre os melhores no quesito.


1. Charles do Bronx
O paulista do Guarujá ainda tem um rótulo de “eterna revelação” que precisa se confirmar. Mas, no quesito finalizações, poucos caras são tão criativos quanto ele. São 6 vitórias assim no UFC, e quase sempre com um toque de genialidade raro na transição do jiu-jítsu puro para o voltado ao MMA. Efrain Escudero levou um mata-leão em pé. Eric Wisely foi pego com uma raríssima chave de panturrilha. E Hatsu Hioki caiu em uma “anaconda choke” (triângulo de mão, em português). Apesar das derrotas para nomes expressivos, Charles segue como um perigo para os rivais: caiu no chão com ele, é certeza de estar em apuros.

]]>
6
Baú do Vale-Tudo: Você sabia que o finalizador Demian estreou nocauteando? http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2015/03/21/bau-do-vale-tudo-voce-sabia-que-o-finalizador-demian-estreou-nocauteando/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2015/03/21/bau-do-vale-tudo-voce-sabia-que-o-finalizador-demian-estreou-nocauteando/#comments Sat, 21 Mar 2015 15:00:12 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=14803

Todo mundo sabe que nosso velho conhecido Demian Maia é um ás do jiu-jítsu, e foi com a fama no seu jogo de chão que ele cresceu no UFC, a ponto de disputar um cinturão contra Anderson Silva. Neste sábado, ele faz mais uma luta principal, no UFC Rio 6. Enquanto ele se prepara para enfrentar Ryan LaFlare, demos uma escavada no passado para desenterrar o primeiro combate de Demian. E o desfecho não é o que se podia esperar.

O Demian aceitou o desafio de lutar MMA profissional pela primeira vez em 2001, quando tinha 24 anos. Ele foi para a Venezuela para lutar no evento com o fantástico nome de Tormenta en el Ring e ficou frente a frente com outro estreante, Raul Sosa, que só tem esta luta registrada no site Sherdog.

  • 41797
  • true
  • http://esporte.uol.com.br/enquetes/2015/03/20/quem-vencera-a-luta-principal-do-ufc-rio-6.js

E mal teve graça. Foram só 48 segundos de combate, em que Demian dominou seu rival e pasmem, nocauteou seu rival. Não podemos dizer que foi aqueeele nocaute bonito. Mas o brasileiro teve muitos méritos.

A ideia de Demian era levar a luta para o chão, e em poucos instantes ele pegou seu rival, visivelmente mais pesado, agarrou-o pelas costas e passou a controlar a luta. Sosa até tentou reverter a situação, mas ficou em uma posição complicada. Demian então partiu com tudo para o ground and pound e bateu de tudo quanto é jeito até o árbitro parar a luta.

A curiosidade e a importância desse nocaute é o fato de essa ter sido a única vez na carreira de Demian que ele parou alguém com os punhos. Os outros dois nocautes que aparecem em seu cartel foram por lesões de rivais, contra Ryan Stout, em 2007, e Dong Hyun Kim, no UFC 148.

Vale lembrar que na última luta, a vitória contra Alexander Yakovlev, em São Paulo, ele conseguiu um knockdown e comemorou: “Acho que foi meu primeiro knockdown que consegui na carreira!”. Será que tem chance de vir alguma surpresa nessa linha contra LaFlare?

Leia também:
Norte-americano não teme jiu-jitsu de Demian Maia e pensa até em cinturão
Demian Maia aposta em Anderson, vê evolução em seu jiu-jitsu e nega briga
Broncas de Belfort e aposta ousada do pai movem brasileiro invicto no UFC
Ele foi a Barretos virar peão, mas uma briga na rua o fez lutador do UFC

]]>
0