Blog Na Grade do MMA » vitor belfort http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br Sabia o que acontece dentro e fora do octógono Thu, 24 Jul 2014 12:45:58 +0000 pt-BR hourly 1 http://wordpress.org/?v=3.9 Por que Belfort NÃO deve ser liberado para enfrentar Sonnen http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2014/06/09/por-que-belfort-nao-deve-ser-liberado-para-enfrentar-sonnen/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2014/06/09/por-que-belfort-nao-deve-ser-liberado-para-enfrentar-sonnen/#comments Mon, 09 Jun 2014 09:01:24 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=12835


Não foi exatamente uma surpresa quando Vitor Belfort admitiu, na última sexta-feira, que foi flagrado em um exame surpresa feito em fevereiro, a pedido da Comissão Atlética do Estado de Nevada. O resultado? Níveis do hormônio testosterona acima do normal.

A falta de espanto se deve (1) pelo fato de que na época ele ainda fazia uso do polêmico tratamento de reposição de testosterona (TRT); (2) já era sabido de um exame surpresa feito e que o resultado não seria divulgado pela comissão por ele não ter pedido licença para lutar – Dana White chegou a dizer que isso era “irrelevante”; (3) e Joe Rogan, comentarista do UFC nos EUA, já tinha revelado no início da semana que o brasileiro tinha sido flagrado nesse exame.

  • 32494
  • true
  • http://esporte.uol.com.br/enquetes/2014/06/09/vitor-belfort-deveria-ser-liberado-para-enfrentar-chael-sonnen.js

Agora, Vitor entrou com um processo para ter licença para enfrentar Chael Sonnen no UFC 175 em 5 de julho. No dia 17 de junho a comissão julgará seu pedido e ele já avisou que estará lá para dar todas as explicações necessárias, inclusive sobre o resultado anormal deste teste surpresa. Se tudo transcorrer dentro da normalidade e forem utilizados os princípios básicos do combate ao uso de substâncias proibidas em qualquer esporte, Vitor NÃO será liberado.

Essa será uma ótima chance para a Comissão Atlética do Estado de Nevada, farol para outras entidades similares em todo o mundo, mostrar que o MMA é um esporte sério e pode se enquadrar no que já é feito em modalidades olímpicas. Banir o TRT, por exemplo, foi um grande começo.

De acordo com sua carta, Vitor Belfort acredita que esse flagrante de fevereiro não será levando em consideração porque ele não estava em período de luta e não tinha pedido uma licença. O que ele precisa entender é que esse é o princípio básico de um antidoping surpresa: pegar quem está fora da normalidade em um período de preparação e não apenas na competição.

Uma das maneiras mais conhecidas de se fazer uso do doping são os ciclos: o atleta usa um produto por um determinado período na preparação e para a tempo de ficar limpo nos exames da época da competição. Foi exatamente por isso que os testes surpresa foram implementados pelas modalidades olímpicas.

Vitor Belfort

Vitor Belfort

#uolbr_tagAlbumEmbed(‘tagalbum’,’18119′, ”)

Não são poucos os casos de famosos atletas que caíram em antidoping fora de competição. No Brasil, ninguém menos que a ex-ginasta Daiane dos Santos já caiu. Ela acabou punida com um gancho de cinco meses. No famoso caso da Rede Atletismo, quando cinco atletas foram flagrados em exames em 2008, todos os eles também passaram por testes surpresa.

Para manter esse processo de moralização do MMA, que tanto sonha em um dia estar em uma Olimpíada, nada mais correto que a comissão leve em consideração esse exame de fevereiro – QUE FOI ELA MESMA QUE FEZ – e indefira o pedido de Vitor para poder lutar contra Sonnen. Mais que isso, ele deveria ser punido com uma suspensão de forma retroativa à época do exame, lembrando que ele é reincidente, o que é um agravante. Em 2006, caiu no antidoping por um anabólico da testosterona e pegou nove meses de gancho.

Quando se trata de doping, não existe pouco ou muito acima. Existe apenas ACIMA. Ou você foi flagrado fora da normalidade ou não foi. Vitor diz que é normal quem usa TRT ter os níveis de testosterona “um pouco” além do normal – podemos ver na imagem abaixo que não era tão pouco.

vit1

Como podemos ver aqui, quase dois meses depois de parar de usar TRT, ele está com níveis de testosterona bem baixos.

vit2

Não estou falando que Belfort deva ser banido do esporte ou que ele fez/faz ciclo de alguma substância ilícita, mas agora ele precisa assumir os riscos do tratamento que ele escolheu fazer e já pensar no ano de 2015, quando acabaria uma possível punição. Não se pode abrir exceções ou ter algum tipo de afrouxamento quando falamos de doping.

No entanto, não se assustem se a Comissão Atlética do Estado de Nevada liberá-lo. Há muita política por trás desse julgamento e o brasileiro é um importante personagem do UFC. Tê-lo em um card tão importante seria bom para todos, ainda mais contra Chael Sonnen. Essa luta venderia muito.

Mas se isso acontecer, será um passo para trás. O MMA mais uma vez mostrará que ainda não está pronto para atingir o patamar olímpico e muita explicação terá de ser dada. Até mesmo pelo UFC que, apesar de não ser responsável por exames antidoping ou licenças de luta, está bancando o combate e já disse que está apoiando Vitor Belfort nessa empreitada.

]]>
78
Wanderlei está fora, e Belfort é o novo rival de Sonnen http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2014/05/28/wanderlei-esta-fora-e-belfort-e-o-novo-rival-de-sonnen/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2014/05/28/wanderlei-esta-fora-e-belfort-e-o-novo-rival-de-sonnen/#comments Wed, 28 May 2014 21:21:25 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=12754

Chael Sonnen

Chael Sonnen

[tagalbum id="34948"]


Para os muitos fãs de MMA que não acreditavam que esse encontro aconteceria, o dia chegou. Wanderlei Silva está fora da luta entre os treinadores do TUF Brasil 3 contra Chael Sonnen. E o mais surpreendente é o novo rival do norte-americano: VITOR BELFORT! A luta será entre os meio-pesados.

A notícia foi dada em primeira mão pelo amigo Marcelo Russio, do Combate.com, e depois confirmada pelo blog com pessoas do estafe de Chael. Já está tudo certo e apalavrado, falta apenas assinar e anunciar, o que não aconteceu porque Sonnen está se organizando para vir para o Brasil nesta noite.

A luta continua sendo a terceira do UFC 175, que acontece em 5 de julho em Las Vegas. O combate principal será a disputa do cinturão dos médios entre Chris Weidman e Lyoto Machida. Antes, Ronda Rousey defende o título peso galo feminino contra Alexis Davis.

Essa saída de Wanderlei Silva é para lá de bizarra, ainda mais depois de toda a confusão que marcou o reality show no Brasil, as brigas do programa e as provocações dos últimos anos. O brasileiro está fora do combate porque não entregou para a Comissão Atlética do Estado de Nevada os exames que são requisitos básicos para que ele possa lutar.

Agora vamos à segunda polêmica: Vitor Belfort lutará em Las Vegas depois de ser tirado da luta pelo cinturão contra Weidman porque não estaria limpo a tempo depois da proibição da terapia de reposição de testosterona, que ele fazia uso. A questão é que esse combate estava marcado originalmente para o último fim de semana e não para 5 de julho, por isso Lyoto foi colocado em seu lugar.

Olhando friamente, é muito incoerente o Vitor lutar no mesmo evento da disputa de cinturão em que ele foi retirado, mas tem muito mais coisa envolvida. É muito complicado mudar a luta principal do maior evento do UFC do ano com apenas um mês de antecedência, com ingressos e pay-per-view vendidos.

Vale lembrar mais um ponto: A luta entre Wanderlei Silva e Chael Sonnen era para acontecer neste sábado, junto das finais do TUF Brasil 3, mas ela teve de ser adiada porque o brasileiro machucou as costas e a mão durante uma briga com o norte-americano nas gravações.

Atualização do post: Poucas horas depois da publicação deste post, o UFC confirmou a nova luta da edição 175 em comunicado publicado em seu site oficial. É exatamente o que está aqui ;) A única informação adicional é que Belfort terá de ter aprovada sua licença para lutar em Las Vegas após os exames, principalmente por conta de seu histórico com o TRT.

]]>
275
Belfort: de vilão a vítima http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2014/03/03/belfort-de-vilao-a-vitima/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2014/03/03/belfort-de-vilao-a-vitima/#comments Mon, 03 Mar 2014 09:00:27 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=12105

Por Maurício Dehò

Vitor Belfort sempre foi visto como um vilão na polêmica do TRT. As vitórias dominantes marcadas pela força dos nocautes vieram acompanhadas pelo debate em torno do tratamento de reposição de testosterona, questionando o quanto isso acrescentava na prática em cima do octógono. A questão é que o veto à terapia hormonal acabou fazendo dele a maior vítima na outra ponta desta história.

Isso porque, como o blog trouxe no domingo, a questão do antidoping no UFC vai muito além de se banir apenas o TRT, mas de mudar toda a política de exames da entidade. Hoje, os lutadores são testados apenas na semana do evento, pouco antes e pouco depois da luta, com raríssimas exceções. A maior das exceções era justamente Vitor Belfort, que colhia amostras regularmente para justificar o uso da terapia hormonal.

  • 22812
  • true
  • http://esporte.uol.com.br/enquetes/2014/03/01/voce-acha-que-o-ufc-tem-de-tomar-para-si-a-responsabilidade-e-cuidar-de-perto-da-questao-do-doping.js

Isto é, enquanto Belfort fazia testes que segundo ele eram mensais, quase a totalidade dos lutadores sabia que não passaria por testes de surpresa – um procedimento que é custoso, mas que deveria virar praxe numa entidade com a dimensão e a relevância do Ultimate, que lidera os rumos do MMA no planeta.

A falta de testes surpresa possibilita o uso de substâncias ilícitas em ciclos, no intervalo dos combates. Sabendo quanto tempo uma substância fica em seu organismo, um lutador pode fazer o uso no limite de tempo para que esteja limpo na semana da luta.

De acordo com Belfort, ele teve de deixar a luta pelo título dos médios contra Chris Weidman por não ter tempo de se adequar às novas regras da Comissão Atlética de Nevada. Entende-se disso que ele seguia fazendo o tratamento até o momento da nova resolução e que não haveria tempo para que a testosterona sintética da terapia deixasse seu organismo a tempo dos exames feitos na proximidade da luta.

Isto é, além de ter de interromper o tratamento – o que já afetaria corpo e mente do lutador no duelo de maio -, Belfort teve de deixar para trás a luta que pode ser a mais importante de sua carreira, depois de tanto tempo aguardando que lhe concedessem uma nova disputa de cinturão. Aos 36 anos, ele sabe que cada chance perdida pode ser a última, mesmo que tenha dito que agora aguarda para enfrentar o vencedor do duelo entre Weidman e Lyoto Machida.

Nem mocinho, nem vilão, Belfort jogava pelas regras permitidas. O fato de tudo isso ter afetado o carioca mais do que qualquer outro lutador não muda o acerto na decisão de banir o TRT. Na verdade, só explicita o quão complicado e profundo é o tema do doping no MMA, que ainda terá muitos capítulos para serem escritos.

Vale lembrar que Dan Henderson poderia ter um destino semelhante. Ele também é adepto do TRT e conseguiu uma exceção para lutar o UFC em Natal contra Maurício Shogun, em 23 de março. A Comissão Atlética Brasileira afirmou que seguirá a decisão do UFC, mas, pela proximidade da mudança de regras, Henderson poderá lutar. Chael Sonnen, que encara Wanderlei Silva em maio, disse que acatará a decisão e não fará mais a terapia.

Um outro ponto desta discussão que mostra outras vítimas do veto ao TRT aponta para quem realmente tem problemas de saúde que diminuem o nível de testosterona e que agora não poderão usar a terapia. Mas aprofundamos isso num post adiante…

]]>
23
Fim do TRT no UFC é só o começo http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2014/03/02/fim-do-trt-no-ufc-e-so-o-comeco/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2014/03/02/fim-do-trt-no-ufc-e-so-o-comeco/#comments Sun, 02 Mar 2014 09:00:34 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=12099

Foi um enorme motivo de comemoração o anuncio de que a Comissão Atlética do Estado de Nevada não liberará mais o uso da terapia de reposição de testosterona para lutas de MMA. A entidade é o farol para as diretrizes das lutas em todo mundo e, dessa forma, esse deve ser o fim do polêmico TRT. O Brasil, por exemplo, já anunciou seu banimento.

Mas essa importante decisão tem de ser exaltada em parte. Ela é apenas o começo para que o MMA e, principalmente, o UFC tenham atletas limpos em relação às substâncias proibidas e às drogas de melhora de performance. É o impulso para que o debate e o combate contra o doping seja mais amplo dentro do evento, como já é nos esportes olímpicos.

  • 22812
  • true
  • http://esporte.uol.com.br/enquetes/2014/03/01/voce-acha-que-o-ufc-tem-de-tomar-para-si-a-responsabilidade-e-cuidar-de-perto-da-questao-do-doping.js

Mesmo com o TRT fora da jogada, o Ultimate ainda está distante dos parâmetros olímpicos para antidoping. As regras seguidas, as substâncias proibidas e a forma dos testes até são as mesmas definidas pela Wada, a Agência Mundial Antidoping. Mas a grande questão é a frequência com que os exames são feitos.

Atualmente, os lutadores do UFC passam por antidoping apenas na semana da luta, pouco antes e depois dela. Em algumas comissões atléticas, nem mesmo todos os atletas de um card são testados. São muitas as vozes dissidente em relação a isso. A principal delas, por exemplo, sempre foi a do ex-campeão dos meio-médios Georges St-Pierre.

É sabido que em todos esportes de alto rendimento existem muitas maneiras de se burlar exames antidoping. Até por isso, muitas modalidades olímpicas sempre buscam novas maneiras de combater isso. Seguem dois bons exemplos: O judô brasileiro possui um passaporte biológico, um histórico de exames, em competições e de surpresa. Os ginastas profissionais têm de relatar todos os seus passos para as confederações para testes sem aviso preliminar. Se forem chamados para isso e não aparecerem, são punidos.

O UFC não faz nenhuma movimentação nesse sentido, e não ter qualquer política de exame prévio e de surpresa ajuda na maneira mais fácil de se utilizar drogas de melhora de performance: os ciclos. Um atleta usa o doping por um período nos treinos e para com ela a tempo suficiente de seu organismo ficar limpo para os testes da semana da luta.

Nesse momento, o Ultimate deixa toda e qualquer responsabilidade sobre antidoping nas mãos das comissões atléticas. Como elas regulamentam, inclusive medicamente, os eventos, nada mais correto que também se responsabilizem pelos exames da semana das lutas. Mas e os testes surpresa? Ninguém assume essa bronca, apesar de o caminho para isso estar claro.

Não há qualquer empecilho legal para que o UFC coloque no contrato de todos os seus lutadores que eles serão obrigados a fazer antidoping sem aviso prévio. A questão, nesse caso, é financeira, já que o evento teria de pagar por eles. Existe, até mesmo uma entidade que realiza esses testes em lutadores com os mesmos parâmetros da Wada, a Vada – Associação de Antidoping Voluntário. O UFC precisaria abrir o bolso, já que os exames podem custar até U$ 6 mil cada.

O avanço com o fim do TRT não pode ser esquecido, mas o próximo passo pode passar diretamente por um possível pulso firme do próprio Ultimate em relação ao doping. A atual conjectura deixa claro que esse é o momento certo de a maior franquia de MMA do mundo parar de se esconder atrás das comissões atléticas.

*Post com a ajuda dos grandes amigos Paula Almeida e Demetrio Vecchioli.

]]>
17
Belfort e o antidoping para Weidman http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2014/02/20/belfort-e-o-antidoping-para-weidman/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2014/02/20/belfort-e-o-antidoping-para-weidman/#comments Thu, 20 Feb 2014 17:29:06 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=11956

Vitor Belfort

Vitor Belfort

[tagalbum id="18119"]


“Eu não acredito que Chris Weidman use esteroides, mas as pessoas dão muita importância ao tratamento que faço religiosamente com acompanhamento médico. E para isso ser justo, meu oponente também deveria ter seu sangue testado durante todo o treinamento.”

  • 18326
  • true
  • http://esporte.uol.com.br/enquetes/2014/01/08/quem-vencera-a-proxima-disputa-de-cinturao-dos-medios-do-ufc.js

Depois de ter deixado no ar essa cobrança, finalmente Vitor Belfort pediu – nominalmente – que Chris Weidman também faça testes antidoping regulares antes de eles se enfrentarem no UFC 172, em maio, valendo o cinturão dos pesos médios.

Nessa entrevista para o amigo Guilherme Cruz, do site MMA Fighting, o desafiante pelo título que por muito anos foi de Anderson Silva, explicitou sua insatisfação com a diferença de cobrança que ele recebe já que, por conta de seu tratamento de reposição de testosterona (TRT), tem de passar por exames de sangue semanais.

Vitor ainda minimizou o fato de o combate acontecer em Las Vegas, já que ele vem de três boas vitórias lutando no Brasil em 2013.

“É um lugar que sempre gostei, que me sinto bem. Tenho certeza que teremos muitos brasileiros nas arquibancadas e me apoiam para a vitória. Meu oponente vem de boas vitórias, mas isso não me incomoda porque também tenho resultados convincentes. Acho que vamos fazer uma grande luta.”

]]>
39
Weidman x Belfort, UFC 173, 24 de maio http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2014/02/02/weidman-x-belfort-ufc-173-24-de-maio/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2014/02/02/weidman-x-belfort-ufc-173-24-de-maio/#comments Sun, 02 Feb 2014 09:00:46 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=11744

Vitor Belfort

Vitor Belfort

[tagalbum id="18119"]


O que a maioria esperava acabou sendo oficializado no último sábado. O Ultimate confirmou que a próxima disputa de cinturão dos médios entre o campeão Chris Weidman e o desafiante Vitor Belfort acontecerá em dia 24 de maio, no UFC 173, em Las Vegas.

  • 18326
  • true
  • http://esporte.uol.com.br/enquetes/2014/01/08/quem-vencera-a-proxima-disputa-de-cinturao-dos-medios-do-ufc.js

Será a luta principal do já tradicional card do feriadão norte-americano do Memorial Day – cai sempre na última segunda-feira do mês de maio e homenageia os mortos na Guerra Civil do país no século 19. Ainda havia a possibilidade de o combate acontecer em outra festividade dos EUA, no fim de semana do Dia da Independência, no começo de julho.

“Eu bati Anderson Silva, o melhor de todos os tempos, duas vezes, e agora terei a oportunidade de me solidificar como campeão batendo um cara diferente. Então estou muito empolgado”, disse Chris Weidman ao canal de TV dos EUA ESPN, assim que a luta foi confirmada.

E vamos além. Para manter um verdadeiro clima de Estados Unidos contra Brasil, Dana White também oficializou que a luta entre Chael Sonnen e Wanderlei Silva acontecerá nesse mesmo card, antecedendo a disputa de cinturão dos médios – o famoso co-main event.

Essa ideia já tinha sido noticiada na última semana, o que é no mínimo frustrante para os brasileiros, já que os dois estão gravando a terceira temporada do reality show The Ultimate Fighter Brasil. A expectativa inicial era de que os dois se enfrentassem por aqui.

]]>
29
Dana White torce contra Vitor Belfort http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2014/01/28/dana-white-torce-contra-vitor-belfort/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2014/01/28/dana-white-torce-contra-vitor-belfort/#comments Tue, 28 Jan 2014 10:03:40 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=11694


Calma, amigo internauta. O presidente do UFC não estará vestindo uma camisa do campeão Chris Weidman na luta contra o brasileiro na próxima disputa de cinturão dos médios. Mas Dana voltou à carga contra a polêmica do uso da terapia de reposição de testosterona que o Vitor faz uso desde o ano passado.

White tem uma relação de altos e baixos com Belfort e o TRT. Nas fases de baixa – que aparentemente é a atual – ele faz duras críticas ao tratamento e à defesa que o veterano faz dele. Quando estão bem, Dana defende o brasileiro com unhas e dentes, como no final do ano passado, depois de ele vencer Dan Henderson.

Agora, o chefão do Ultimate atacou novamente o TRT e disse que está torcendo para a Comissão Atlética do Estado de Nevada – a luta contra Weidman deve acontecer em Las Vegas – não libere Vitor a fazer uso do TRT para seu próximo combate, já que Belfort avisou que entrará com processo pedindo essa exceção.

O assunto voltou à tona depois que a ARP, uma organização não governamental dedicada à saúde e à segurança de lutadores de boxe e MMA nos Estados Unidos, disse que tentará banir o TRT junto de todas as comissões atléticas do país.

  • 18326
  • true
  • http://esporte.uol.com.br/enquetes/2014/01/08/quem-vencera-a-proxima-disputa-de-cinturao-dos-medios-do-ufc.js

“Os médicos vieram dizer que querem banir o TRT? Pronto, essa é a reposta! Isso é legal no esporte, as comissões deixam você fazer uso, se você consegue uma exceção para fazer uso é monitorado e tudo mais. Mas e se acabarmos com isso? Problema resolvido”, comemorou Dana White em entrevista à agência de notícias AP.

O presidente do UFC ainda revelou que sua última crise pessoal com Vitor Belfort foi no ano passado, antes de ele enfrentar Dan Henderson em Goiânia.

“Vitor me deixa maluco. Eu e ele não estamos com o melhor relacionamento nos últimos meses. Tudo pode causa dessa coisa do TRT. Eu acho que é injusto e disse que vamos testá-lo noite e dia durante seu treinamento. Ele cumpriu tudo e ficou dentro dos limites que supostamente ele teria de estar.”

]]>
13
Vitor Belfort com TRT http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2014/01/23/vitor-belfort-com-trt/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2014/01/23/vitor-belfort-com-trt/#comments Thu, 23 Jan 2014 09:43:24 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=11655


Durou pouco a possibilidade de Vitor Belfort não pedir para usar a terapia de reposição de testosterona (o polêmico TRT) na luta contra Chris Weidman. O brasileiro avisou que vai sim entrar com um processo para obter a liberação para uso terapêutico do hormônio.

  • 18326
  • true
  • http://esporte.uol.com.br/enquetes/2014/01/08/quem-vencera-a-proxima-disputa-de-cinturao-dos-medios-do-ufc.js

A informação foi dada pelo programa oficial do UFC na TV dos Estados Unidos. O lutador disse que o TRT é “uma medicação que ele realmente precisa” e por isso entrará com o pedido.

A liberação do TRT no estado norte-americano de Nevada – disputa de cinturão entre Belfort e Weidman deve acontecer em Las Vegas – acontece quando o lutador prova que os níveis de testosterona em seu corpo estão naturalmente baixos. A grande dúvida no caso de Vitor é se ele terá essa autorização por já ter sido flagrado em um antidoping.

Essa declaração do veterano contradiz a de seu próximo representante. Na última segunda-feira, Glenn Robinson – que comanda o time de Belfort, a Blackzilians, na Flórida – disse ao programa MMA Hour que o brasileiro provavelmente não pediria a exceção para uso do TRT. “Não acredito que ele entrará com um pedido para fazer uso do TRT. Isso não é algo que temos discutido ultimamente”, disse.

Até por viver grande fase – diferentemente de outros lutadores que utilizam a testosterona – Vitor sempre esteve no foco da polêmica sobre o TRT. Ele usou a medicação nas três lutas que fez ano passado, todas no Brasil, quando nocauteou Michael Bisping, Luke Rockhold e Dan Henderson.

]]>
74
Weidman quer Belfort em maio http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2014/01/17/weidman-quer-belfort-em-maio/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2014/01/17/weidman-quer-belfort-em-maio/#comments Fri, 17 Jan 2014 10:07:02 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=11621

Ainda não há nada confirmado e nem mesmo a luta foi oficializada. Mas a disputa de cinturão dos pesos médios do UFC entre Chris Weidman e Vitor Belfort está cada vez mais encaminhada. Durante entrevista na última quarta-feira, Dana White deu mais uma indicação de quando o combate deve acontecer.

As datas possíveis já estavam predispostas em dois feriados norte-americanos: ou no fim de maio, no Memorial Day, ou no começo de julho, no Independence Day, quando o Ultimate sempre realiza tradicionais card poderosos na cidade de Las Vegas. O campeão já se adiantou em dizer que prefere a primeira opção.

O presidente do Ultimate disse que o campeão quer lutar em maio para poder ter férias com sua família durante o verão dos Estados Unidos. No entanto, ainda precisa passar por exames para saber se estará 100% para se preparar para o combate nessa data. Chris sentiu problemas no joelho durante a luta contra Anderson Silva e ainda necessita de liberação médica para voltar aos treinamentos.

  • 18326
  • true
  • http://esporte.uol.com.br/enquetes/2014/01/08/quem-vencera-a-proxima-disputa-de-cinturao-dos-medios-do-ufc.js

“Nós gostamos das duas datas [em maio e julho], então vamos ver o que vai acontecer daqui pra frente. Mas como eu disse, estamos esperando um exame de ressonância magnética. Só que Weidman quer um verão de verdade. Ele me disse que quer ter um verão de verdade com sua família e quando você vive na costa leste [dos Estados Unidos], não posso culpá-lo”, explicou Dana White.

Belfort ainda não fez nenhuma declaração sobre em que data prefere lutar. Sua única preocupação nesse momento é conseguir a liberação para o uso do tratamento de reposição de testosterona (o polêmico TRT), em Las Vegas, ou então abandonar a medicação para pode enfrentar Weidman na casa do Ultimate.

Vitor Belfort

Vitor Belfort

[tagalbum id="18119"]

]]>
10
Weidman provocador http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2014/01/08/weidman-provocador/ http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2014/01/08/weidman-provocador/#comments Wed, 08 Jan 2014 08:01:53 +0000 http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/?p=11554


Psicólogo formado, pai de família, amigão da vizinhança, multicampeão de wrestling na faculdade, típico bem-sucedido de subúrbio dos Estados Unidos e agora campeão do UFC. Quem acompanhou Chris Weidman antes, durante e depois dos dois duelos contra Anderson Silva, percebeu uma brusca mudança em sua postura para seu próximo combate.

Se contra o Spider seu comportamento era de reverência e respeito a um ídolo, agora o norte-americano mudou completamente de postura e partiu para o ataque contra Vitor Belfort, antes mesmo de eles pisarem no octógono, e vem enfileirando provocação atrás provocação contra o veterano brasileiro.

Primeiro ele comemorou que a luta entre eles deve acontecer em Las Vegas e assim Belfort não poderá “trapacear” com o uso da terapia de reposição de testosterona, falando que ele está se sentindo o “Hulk” lutando no Brasil. Depois, falou que vai ser um prazer bater em um “juicehead” – algo como “bombado”.

Para finalizar, o campeão dos médios ainda disse que se considera o melhor lutador de 2013, prêmio que está disputando com Belfort. “Quem bate o melhor de todos os tempos duas vezes no ano, definitivamente é merecedor do prêmio de melhor lutador do ano”, alfinetou.

  • 18326
  • true
  • http://esporte.uol.com.br/enquetes/2014/01/08/quem-vencera-a-proxima-disputa-de-cinturao-dos-medios-do-ufc.js

Fazendo o melhor estilo bom moço, Chris mostrou que não é bom apenas nas artes marciais, mas também no jogo mental. Se contra Anderson ele percebeu que precisava trabalhar um discurso positivo, de certeza que de vitória, contra Belfort a mudança de postura não é por acaso.

Ele sabe que pode levar vantagem antes mesmo de lutar se atacar Vitor com uma das críticas mais frequentes que ele recebeu no último ano. É uma das poucas coisas que fazem o brasileiro perder a paciência nesse momento.

Mas Weidman tem de estar preparado para o contra-ataque, pois esse novo Vitor Belfort também vem se mostrando um mestre no lado motivacional. Essa também é uma das forças do “Fenômeno”. Tanto que depois de alguns dias de silêncio, resolveu dar uma resposta para o norte-americano.

“Algumas pessoas chegam no topo de seus sonhos e acham que são permanentes . Então para de arrumar desculpas porque você poderá falhar. (…) Enfrenta os seus medos com a verdade absoluta. Seja homem de verdade. EU SEI DO QUE SOU CAPAZ !! (…)EU ESTOU INDO ATRÁS DE VOCÊ E EU SEI QUE VOCÊ ESTÁ PREOCUPADO COM ISSO. EU POSSO SENTIR.”

A luta só será em maio ou julho, mas a batalha já está aberta.

]]>
17