Na Grade do MMA

Brasil pode ter oito campeões do UFC em 2017. Veja quem tem mais chance

Jorge Corrêa

23/02/2017 04h00


A Era de Ouro do Brasil no UFC pode ser retomada nesta temporada. Na verdade, o ano de 2017 pode dar ao país um número recorde de cinturões. Os lutadores brasileiros – que já detiveram 4 títulos simultaneamente nos idos do ano de 2012 – podem ser donos de oito dos 11 ouros.

Vou então listar abaixo quais são as categorias que o Brasil pode ter – ou já tem – campeões neste ano e quem são os atletas com mais chance.

Peso palha feminino (até 52kg) – Jéssica Andrade já foi anunciada como próxima desafiante da campeã Joanna Jędrzejczyk. Apesar de sua boa fase na nova categoria, a paranaense terá vida muito dura contra a polonesa. Precisará ter a melhor atuação de sua vida para sagrar-se campeã. ATUALIZAÇÃO: A polonesa anunciou que a luta entre as duas vai acontecer no UFC 211, em 13 de maio.

Peso galo feminino (Até 61kg) – Amanda Nunes tem tudo para se manter como campeã do peso por muito tempo. Sua próxima luta será contra Valentina Shevchenko, a quem já venceu no UFC.

Peso pena feminino (até 66kg) – Cris Cyborg dificilmente precisará de mais de um round para tomar o cinturão inaugural das mãos de Germaine de Randamie. Dana White já avisou que a brasileira é a próxima desafiante, mas a holandesa está claramente fugindo do combate e vem falando em conceder revanche para Holly Holm.

Peso mosca (até 57kg) – Wilson Reis já foi convocado para uma disputa de cinturão, que acabou caindo por conta de uma lesão de Demetrious Johnson. Mas agora, o campeão está absolutamente sem adversários na categoria e o brasileiro deve ser chamado para o title shot. Será complicado para Wilson, que terá pela frente o campeão mais dominante do UFC na atualidade.

Peso pena (até 66kg) – José Aldo retomou o cinturão que foi seu por muitos anos e agora o colocará em jogo contra o campeão interino Max Holloway no UFC Rio, em junho. Não deve ter problemas para mantê-lo e depois pensar em caçar seu algoz Conor McGregor na categoria de cima.

Peso meio-médio (até 77kg) – Demian Maia está apenas esperando sentado pelo vencedor da disputa de cinturão entre Tyron Woodley e Stephen Thompson, no UFC 209. O brasileiro já foi confirmado como próximo desafiante e, se mantiver a técnica de chão de suas últimas lutas, tem condições de vencer qualquer um dos dois e se tornar campeão do Ultimate.

Peso médio (até 84kg) – Ronaldo Jacaré tem apenas que ver quando o campeão Michael Bisping vai sair de cima do muro e colocar o cinturão em jogo. A questão é apenas quando o brasileiro terá sua chance, mas não deve passar desse ano, já que o inglês fala em enfrentar Yoel Romero e até GSP antes de dar a chance para Jacaré.

Peso pesado (até 120kg) – Junior Cigano disputará o cinturão que já foi seu em maio, contra o campeão Stipe Miocic, com o retrospecto de já ter vencido o norte-americano em 2014. Entra no octógono com boas chances de retomar o título. E o Brasil pode ter mais uma chance ainda em 2017 na categoria, se Fabrício Werdum vencer Bem Rothwell neste mesmo card.

Sobre o blog

Saiba o que acontece dentro e fora do octógono, relembre as grandes histórias e lutas que fizeram o vale-tudo se tornar o MMA. Aqui também será o espaço para entrevistas, análises, debates, polêmicas e tudo que faz do MMA o esporte que mais cresce no mundo.
Contato: nagradedomma@gmail.com

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Blog Na Grade do MMA
Blog Na Grade do MMA
Blog Na Grade do MMA
Blog Na Grade do MMA
Blog Na Grade do MMA
Blog Na Grade do MMA
Blog Na Grade do MMA
Blog Na Grade do MMA
Blog Na Grade do MMA
Blog Na Grade do MMA
Blog Na Grade do MMA
Blog Na Grade do MMA
Blog Na Grade do MMA
Topo