Na Grade do MMA

Derrota épica dá a Shogun 1º lugar na fila por cinturão - Ele vai aproveitar ou dar a vez a Lyoto?

Jorge Corrêa

27/07/2012 06h01

No início dos anos 2000, o curitibano Maurício Shogun foi apontado como uma das maiores revelações do MMA com suas atuações e cinturões no Pride. Mas quando foi para o UFC, passou a alternar altos – que incluem um cinturão – e baixos. Mas o Ultimate não desiste dele. Dana avisou que ele pode ter mais uma chance de disputar o título do evento.

>> Siga o blog no Twitter: @NaGradedoMMA
>> Leia todas as notícias de lutas no UOL Esporte

O presidente anunciou que se ele vencer e convencer contra Brandon Vera, na luta principal do UFC on Fox 4 em 4 de agosto, poderá enfrentar o dono do cinturão – seja ele o atual campeão Jon Jones ou Dan Henderson, que se enfrentam no UFC 151 em setembro.

Mas como ele conseguiu essa chance vindo de uma derrota e tendo sido atropelado por Jon Jones em março de 2011, quando perdeu o cinturão do UFC?

O primeiro motivo é a falta de opções. Depois de conquistar o título, Jon Jones encerra a fila de principais desafiantes dos meio-pesados com Dan Henderson. Já passou por Shogun, Rampage, Lyoto e Rashad. Com nenhuma grande novidade na categoria, chegou a hora de a fila recomeçar.

O segundo é que, apesar de vir de uma derrota… foi A derrota. Depois de vencer Forrest Griffin no UFC Rio 1, Shogun vem da épica luta contra Dan Henderson, no final do ano passado. Depois de apanhar muito no primeiro e segundo round, equilibrar no terceiro, e virar no quarto e quinto. Acabou derrotado, mas saiu em alta do octógono por essa reviravolta.

Mas a grande dúvida agora é saber se ele aproveitará essa chance, se vai chegar focado e bem preparado. Pois ele terá seu principal rival por essa vaga no mesmo evento. No mesmo anúncio, Dana White explicou que se Shogun perder ou tiver uma atuação pouco satisfatória, o vencedor de Lyoto Machida e Ryan Bader ficará com o title shot.

Essa deve ser a oportunidade final de Shogun retomar o cinturão do UFC. Mais que isso, deve ser a chance final de que pode ser levado a sério no restante de sua carreira. O desafio para isso não é dos maiores, Brandon Vera está longe de ser dos mais qualificados rivais. Mas ter seus adversários no encalço pode pesar.
*****

Sobre o blog

Saiba o que acontece dentro e fora do octógono, relembre as grandes histórias e lutas que fizeram o vale-tudo se tornar o MMA. Aqui também será o espaço para entrevistas, análises, debates, polêmicas e tudo que faz do MMA o esporte que mais cresce no mundo.
Contato: nagradedomma@gmail.com

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Topo