Topo
Na Grade do MMA

Na Grade do MMA

Roger Gracie é demitido do UFC e lutará no peso de cima em outro evento

Jorge Corrêa

06/08/2013 07h36

Roger Gracie leva golpe de Tim Kennedy no chão

Parece que a nova fase do UFC não combina mesmo com a família que criou o evento quase 20 anos atrás. Depois de perder em sua estreia no Ultimate no mês passado, para o norte-americano Tim Kennedy, Roger Gracie não teve seu contrato renovado – uma maneira educada que o evento tem para dizer que demitiu um lutador.

Conhecido por ser o maior lutador de jiu-jítsu das últimas décadas, talvez de todos os tempos, Roger vinha de duas vitórias no Strikeforce, evento que foi comprado e anexado pelo UFC. Sua luta contra Kennedy era a última do seu compromisso com o show anterior e que a nova franquia tinha herdado.


Com a fraca atuação no UFC 162, onde nitidamente sentiu o corte de peso, Dana White preferiu não renovar o contrato do brasileiro, informação que foi divulgada em primeira mão pelos amigos do Combate.com.

Conversei então com Jorge Joinha, empresário do lutador, sobre quais devem ser os próximos passos de Gracie no MMA. Ele explicou que Roger vai subir para os meio-pesados, sua categoria de origem, e já negocia com dois eventos para ganhar rodagem e voltar ao UFC.

"Ele deve fazer umas lutas em outro evento na categoria de cima, pois ele ficou muito fraco lutando nos médios. Ele encarou [a demissão] numa ótima! O Roger é novo [tem 31 anos] e ainda está em uma fase de experimentação e em plena ascensão. Ele está mudando Para Los Angeles no início do ano para essa nova fase", explicou o agente.

Sobre o blog

Saiba o que acontece dentro e fora do octógono, relembre as grandes histórias e lutas que fizeram o vale-tudo se tornar o MMA. Aqui também será o espaço para entrevistas, análises, debates, polêmicas e tudo que faz do MMA o esporte que mais cresce no mundo.
Contato: nagradedomma@gmail.com