Topo
Na Grade do MMA

Na Grade do MMA

Os números de uma surra

Jorge Corrêa

12/05/2014 06h01

Dificilmente Erick Silva vai esquecer o que aconteceu no último sábado, na luta principal do UFC em Cincinatti. Não é todo mundo que consegue dobrar o duríssimo Matt Brown de dor. Mas ele não soube aproveitar o bom momento no começo do combate e, o que era uma vitória certa naquele momento, virou uma estrondosa surra no brasileiro.

O erro de Erick foi estratégico. Ao invés que tentar continuar golpeando a região da costela de Matt que ele tinha machucado, usou toda sua energia em uma tentativa de finalização que não deu certo.

  • 27800
  • true
  • http://esporte.uol.com.br/enquetes/2014/05/12/voce-acha-que-erick-silva-deveria-ser-demitido-do-ufc.js

Em um primeiro momento pareceu que o capixaba tinha levado um golpe e ficado grogue com ele quando a luta ficou em pé novamente. Mas com o passar o tempo, viu-se que era seu gás que tinha se esvaído completamente.

Resultado: Matt Brown se recuperou e começou a bater em Silva como se não tivesse amanhã. E os números desse combate mostram bem como o brasileiro foi vítima fácil de todo e qualquer golpe do norte-americano.

Nos pouco mais de 12 minutos que a luta durou, Matt acertou um total de 161 golpes (contra 39 de Erick), sendo 118 significativos, além de ter conseguido cinco quedas. Podemos comparar esses números com os de outras duas surras recentes. Silva levou um golpe a cada 4 segundos e meio. Cigano, na segunda derrota para Cain Velasquez, levou um a cada 4 segundos. Já no primeiro revés, foi um golpe levado a cada 7 segundos.

A explicação Erick

Erick Silva foi retirado do octógono de maca e com o pescoço imobilizado com um colar cervical, sendo encaminhado direto para o hospital. Tinha a suspeita de uma concussão e de uma fratura na mandíbula. Mas nenhuma das duas lesões foram confirmadas e ele deixou o local após algumas horas.

Pouco tempo depois de receber alta, ele postou em sua conta no Twitter uma explicação sobre seu desempenho.

"Primeiramente gostaria de agradecer a todos que torceram e perderam seu tempo para ver minha luta. Sei que decepcionei e não tenho desculpas, sei que estou atrás desses cascas grossas. Mas sempre que tiver uma luta, eu vou, independente de quem seja e se vou sair ou não com a vitória. Sei que muitos vão me criticar, mas não vou desistir, logo logo estarei de volta. Obrigado a todos."

Sobre o blog

Saiba o que acontece dentro e fora do octógono, relembre as grandes histórias e lutas que fizeram o vale-tudo se tornar o MMA. Aqui também será o espaço para entrevistas, análises, debates, polêmicas e tudo que faz do MMA o esporte que mais cresce no mundo.
Contato: nagradedomma@gmail.com