PUBLICIDADE
Topo

Na Grade do MMA

Baú: Protagonista na Austrália, Hunt já destruiu mandíbula de gigante

Maurício Dehò

09/05/2015 06h00


O UFC desembarcou em Adelaide e nesta noite de sábado (tarde de domingo no horário australiano) terá um duelo de pesos pesados como destaque – um dos únicos do card fraquinho. E, quando se tem Mark Hunt saindo de um dos corners, pode se esperar um nocaute de impacto. Para fazer um aquecimento para o combate contra Stipe Miocic, norte-americano de origem croata também de mão pesada, nada melhor que lembrar do nocaute mais chocante do neozelandês.

Leia também: Elas perderam a linha em briga antes de lutar no Dia das Mães

Hunt é um veteranaço de 41 anos, que já lutou no Pride, foi aposentado pelos outros após uma série de derrotas, mas, quando o UFC comprou o evento japonês, fez a companhia honrar seu contrato. E chocou o mundo ao voltar a vencer e chegar à disputa de cinturão interino dos pesados com Fabrício Werdum.

Mas, voltando à sua vitória mais destruidora, literalmente, ela aconteceu contra um gigante: Stefan Struve. O holandês, de 2,13 m, encarou um Hunt 35 centímetros mais baixo, e acabou com uma fratura no rosto.

O combate aconteceu em março de 2013, no Japão, e foi uma batalha que durou três rounds. No último, uma sequência de Hunt foi encerrada com um cruzado de esquerda que deu levou Struve ao chão e garantiu sua vitória. O mais impressionante é que o holandês teve constatada uma fratura na mandíbula e ficou um longo tempo afastado dos octógonos para se curar dessa lesão e também de um problema no coração.

Este é só um exemplo da força de Hunt. Ele ainda é o único lutador a já ter nocauteado o queixo de aço Roy Nelson (veja no fim do vídeo abaixo). Isso aconteceu em setembro, quando um gancho no queixo do gordinho o derrubou. Desde então, o neozelandês só lutou uma vez, perdendo por nocaute para Werdum pelo cinturão interino.

Melhores nocautes e a vitória sobre Roy Nelson

Miocic também vem de derrota. Ele, que havia arrasado Fabio Maldonado em 35 segundos, perdeu por pontos para Júnior Cigano em dezembro, em sua segunda derrota no MMA.

A tarde de lutas em Adelaide – no Brasil, as lutas começam às 20h45 com o card preliminar, com card principal à meia-noite – ainda conta com o 14º do ranking dos médios Brad Tavares contra Robert Whittaker na luta coprincipal. Completam o card principal Anthony Perosh, meio-pesado de 42 anos, contra Sean O'Connell, e o duelo na categoria leve entre Jake Matthews e James Vick.

Confira o card completo:
Card principal

Pesado: Stipe Miocic x Mark Hunt
Médio: Brad Tavares x Robert Whittaker
Meio-pesado: Anthony Perosh x Sean O'Connell
Leve: Jake Matthews x James Vick

Card preliminary
Pena: Hatsu Hioki x Dan Hooker
Meio-médio: Kyle Noke x Jonavin Webb
Médio: Dan Kelly x Sam Alvey
Palha feminino: Bec Rawlings x Lisa Ellis
Médio: Dylan Andrews x Brad Scott
Palha feminine: Alex Chambers x Kailin Curran
Meio-médio: Vik Grujic x Brendan O'Reilly
Mosca: Alptekin Ozkılıc x Ben Nguyen

Sobre o blog

Saiba o que acontece dentro e fora do octógono, relembre as grandes histórias e lutas que fizeram o vale-tudo se tornar o MMA. Aqui também será o espaço para entrevistas, análises, debates, polêmicas e tudo que faz do MMA o esporte que mais cresce no mundo.
Contato: nagradedomma@gmail.com

Blog Na Grade do MMA