Na Grade do MMA

Por que o UFC 210 foi o evento mais estranho do ano?

UOL Esporte

10/04/2017 04h00

O UFC 210, realizado no último sábado (8), em Buffalo, nos Estados Unidos, foi um tanto surpreendente. O evento já contou com algumas surpresas antes mesmo das lutas dentro do octógono. Da pesagem até o último combate, esta edição foi estranha do começo ao fim.

Campeão que pesou duas vezes

MMA Fighting/Reprodução

A luta principal do UFC 210 colocou frente a frente o campeão dos meio-pesados, Daniel Cormier, contra o desafiante Anthony Johnson. Um dia antes da luta, na última sexta-feira, a polêmica começou. O dono do cinturão registrou 93,5kg, ficando cerca de meio quilo acima do limite da categoria.

Pelas regras do UFC, ele não poderia se pesar novamente, mas foi autorizado pela Comissão Atlética de Nova York a subir à balança de novo e conseguiu bater o peso apenas quatro minutos depois da primeira tentativa. O norte-americano chegou a causar uma pequena polêmica por parecer segurar a toalha para que ficasse com menos peso na segunda tentativa. Para a Comissão Atlética de Nova York, porém, Cormier não fez tal artimanha.

Desafiante aposentado “jovem”

Josh Hedges/Zuffa LLC

Depois da polêmica na pesagem, a luta aconteceu, e Cormier manteve o cinturão ao finalizar Johnson no segundo round. O lutador derrotado surpreendeu e anunciou a aposentadoria ainda dentro do octógono. O anúncio não era nem um pouco esperado, já que Johnson, que tem 33 anos, vivia um ótimo momento e vinha de três vitórias seguidas antes de enfrentar o atual campeão.

Mais uma aposentadoria

Josh Hedges/Zuffa LLC

A aposentadoria de Johnson não foi a única do UFC 210. O brasileiro Thiago ‘Pitbull’ Alves venceu Patrick Côté, na decisão unânime dos juízes, entre os meio-médios e viu seu rival também “pendurar as luvas” após o combate. O canadense se despediu do MMA com um card de 23 vitórias e 11 derrotas.

Nocaute por replay

Josh Hedges/Zuffa LLC

Na segunda luta principal do evento, Chris Weidman protagonizou um nocaute polêmico. Gerard Mousasi desferiu duas joelhadas enquanto o norte-americano estava com três apoios no chão. A nova regra diz que esses movimentos são válidos, mas o árbitro do duelo parou o combate para Weidman ser atendido pela equipe médica.

Após quase cinco minutos e com auxílio do replay (prática considerada ilegal em Nova York), o árbitro voltou atrás e disse que os golpes foram legais. Na sequência, um médico avaliou o ex-campeão e constatou que ele não tinha mais condições de continuar na luta, sendo derrotado por nocaute técnico.

Lutadora tirada do evento (e depois devolvida)

Josh Hedges/Zuffa LLC

Também na sexta-feira, Pearl Gonzalez chegou a ser retirada do card depois que a Comissão Atlética de Nova York constatou que ela tem implantes de silicones nos seios. De acordo com as regras da Comissão, uma lutadora não pode competir com esses implantes por conta do risco de ruptura.

Mais tarde, a decisão foi alterada, e a luta contra a mexicana Cynthia Calvillo no peso palha feminino voltou a ser confirmada no evento. A norte-americana, porém, acabou derrotada por finalização.

Selfie na ambulância

Reprodução/Twitter

Para fechar, ainda teve selfie na ambulância. Patrick Cummins venceu a batalha contra Jan Blachowicz na decisão dos juízes, mas mesmo assim saiu castigado do octógono. Ele, porém, não perdeu o bom humor, tirou uma selfie dentro de uma ambulância indo para o hospital e ainda fez questão de ressaltar que o bigode ficou intacto.

Sobre o blog

Saiba o que acontece dentro e fora do octógono, relembre as grandes histórias e lutas que fizeram o vale-tudo se tornar o MMA. Aqui também será o espaço para entrevistas, análises, debates, polêmicas e tudo que faz do MMA o esporte que mais cresce no mundo.
Contato: nagradedomma@gmail.com

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Na Grade do MMA
Topo