Topo
Na Grade do MMA

Na Grade do MMA

Werdum retorna ao palco de sua 1ª luta de olho em cinturão do UFC

UOL Esporte

16/03/2018 04h00

Fabrício Werdum encara Alexander Volkov no UFC Londres (Crédito: Reprodução/Youtube)

Por Rodrigo Garcia

A tarde de sábado (17) terá um sentimento especial para Fabrício Werdum. Escalado para enfrentar o russo Alexander Volkov na luta principal do UFC Londres, o gaúcho retorna ao país em que iniciou sua carreira como atleta de MMA. E com um objetivo claro em mente: garantir a chance de disputar mais uma vez o cinturão dos pesados.

Embalado por duas vitórias, sobre Walt Harris e Marcyn Tibura, o representante da King´s MMA acredita que uma vitória o credenciará a fazer a revanche contra Stipe Miocic, atual campeão da divisão e atleta responsável por tirar o cinturão de "Vai Cavalo".

"Acho que mereço disputar o cinturão (caso vença a luta) não só pela sequência de vitórias, mas por toda a minha história. São quase 20 anos lutando, então só estou esperando esse momento para ter minha oportunidade de mostrar mais uma vez que sou o melhor do mundo", explicou Werdum, em entrevista ao UOL Esporte.

Com 40 anos completados em julho de 2017, a palavra aposentadoria nem passa pela cabeça do ex-campeão, que planeja seguir em atividade por mais três ou quatro anos. E sua postura nos últimos tempos deixariam muitos jovens enciumados. Desde sua última derrota no octógono diante de Alistair Overeem, em julho de 2017, o atleta se manteve ativo e aceitou pegar lutas de última hora. O duelo contra Volkov é só mais um caso como os citados acima.

"Estou bem feliz, peguei a luta com pouco tempo de aviso, mas como já estava treinando, não vou ter nenhum problema com isso. Estou há muito tempo lutando, já tenho bastante experiência para pegar uma luta como essa. Estou no lugar onde comecei, então as recordações são as melhores para lutar mais uma vez aqui."

Mas se Werdum quer manter vivo o sonho de conquistar mais uma vez a cinta dourada do UFC, ele precisará passar por um adversário que vem conquistando cada vez mais espaço dentro da organização. "Drago", como é conhecido, possui vasta experiência no MMA, acumulando 29 vitórias e apenas seis derrotas em seu cartel. No UFC desde 2016, o russo acumulou três vitórias, que o colocaram na oitava posição do ranking dos pesados.

"Volkov é um cara grande, um pouco mais alto que eu, que tem uma envergadura muito boa e é especialista na parte em pé. Ele não é um especialista no chão, o que é um ponto a meu favor. Não quero dizer que ele não sabe se defender, ele é bem completo e perigoso. Ele tem três lutas no UFC e três vitórias, então é ter todo o cuidado para sair com a vitória", analisou.

E na opinião deste blogueiro que vos escreve, por mais que Werdum tenha sido cauteloso ao analisar seu adversário, o caminho para o cinturão realmente passará pela luta de solo. Diante de um adversário especialista na trocação (ele conquistou 19 das suas 29 vitórias por nocaute ou nocaute técnico), o segredo é aproveitar o afiado jiu-jitsu para impor mais uma derrota ao russo, que perdeu três de suas seis lutas por finalização.

Uma atuação convincente diante de um nome em ascensão na organização, aliada ao momento da categoria, pode garantir a Werdum a tão sonhada chance de ter a revanche. Francis Ngannou, primeiro no ranking da divisão, vem de derrota para o atual campeão e não deverá receber uma revanche tão cedo. Já Alistair Overeem, segundo colocado, tem duelo marcado contra Curtis Blaydes, quinto colocado, para 9 de junho. Com Werdum na terceira colocação, o único atleta que poderia "furar a fila" é o ex-campeão Cain Velásquez, que está na quarta posição. Contudo, o atleta não luta desde 2016 e convive com lesões que atrasam seu retorno ao esporte.

Resta ao gaúcho mostrar todo potencial que já apresentou em outras oportunidades e garantir a vitória para se credenciar ao título. Depois disso, a decisão estará nas mãos de Dana White e companhia, mas eles terão um bom motivo para dar mais uma chance ao ex-campeão.

Sobre o blog

Saiba o que acontece dentro e fora do octógono, relembre as grandes histórias e lutas que fizeram o vale-tudo se tornar o MMA. Aqui também será o espaço para entrevistas, análises, debates, polêmicas e tudo que faz do MMA o esporte que mais cresce no mundo.
Contato: nagradedomma@gmail.com