Topo
Na Grade do MMA

Na Grade do MMA

Nurmagomedov prova que é o melhor peso leve da atualidade no MMA

UOL Esporte

09/04/2018 04h00

Khabib dominou Al Iaquinta e conquistou cinturão dos leves do UFC (Crédito: Ed Mulholland/AFP)

Por Rodrigo Garcia

O UFC 223, realizado no último sábado (07), em Nova York, apenas confirmou o que muitas pessoas já apontam há anos: Khabib Nurmagomedov é o melhor peso leve da atualidade. Após uma semana turbulenta, em que discutiu com amigo de McGregor e foi perseguido pelo irlandês dentro de um ônibus, o russo superou as trocas de adversário em cima da hora e mostrou, diante de Al Iaquinta, que não está invicto em 26 lutas à toa.

Contudo, a consagração de Nurmagomedov demorou a acontecer. Desde que chegou ao UFC, em 2012, o atleta já esteve próximo de disputar o cinturão em diversas oportunidades, mas as lesões sempre o impediram de subir ao posto mais alto da divisão dos leves.

Após a convincente vitória sobre Rafael dos Anjos, em 2014, o atleta precisou ficar um longo período afastado do octógono por recorrentes problemas no joelho. E foi aqui que começou a rivalidade de Nurmagomedov com Tony Ferguson, que deveria ter sido seu rival na luta do último sábado.

O primeiro embate entre os lutadores deveria ter acontecido em dezembro de 2015, mas precisou ser cancelado após uma lesão de Khabib. Então, o UFC reagendou o confronto para maio de 2016, só que a luta novamente não aconteceu, já que Ferguson também teve problemas médicos.

A terceira tentativa de casar o duelo entre russo e norte-americano também acabou não dando certo. Nurmagomedov e Ferguson deveriam ter se enfrentado em março de 2017 pelo cinturão interino dos leves, mas o russo teve problemas no corte de peso, forçando o cancelamento da luta em cima da hora.

Ao que tudo indicava, o UFC 223 ia dar aos fãs o confronto que todos gostariam de ver, já que o ex-campeão da divisão, Conor McGregor, não defendia seu título desde que o conquistou, quando bateu Eddie Alvarez. Mas outra lesão de Ferguson encerrou a quarta tentativa da organização de colocar os atletas frente a frente.

Agora, com Khabib coroado no posto de campeão linear, já que Conor McGregor e Tony Ferguson tiveram seus títulos retirados por Dana White, a tendência é que a divisão dos leves volte a ter um campeão atuante. E, sem dúvidas, merecedor do posto que está ocupando.

Sobre o blog

Saiba o que acontece dentro e fora do octógono, relembre as grandes histórias e lutas que fizeram o vale-tudo se tornar o MMA. Aqui também será o espaço para entrevistas, análises, debates, polêmicas e tudo que faz do MMA o esporte que mais cresce no mundo.
Contato: nagradedomma@gmail.com