Topo
Na Grade do MMA

Na Grade do MMA

Por que luta que pode deixar Anderson na rota do título é “all-in” do astro

UOL Esporte

06/12/2018 04h00

Anderson Silva pode voltar a disputar cinturão do UFC

Por Rodrigo Garcia

Uma notícia pegou os fãs de MMA de surpresa nesta semana. Em entrevista coletiva após o TUF 28 Finale, Dana White revelou seus planos para o ex-campeão da organização, Anderson Silva. E eles são bem ambiciosos.

"Eu não via o Anderson há algum tempo. Eu voei a Los Angeles, sentamos e conversamos. Eu falei a ele que queria a luta contra Adesanya e ele disse: 'Estou voltando. De que maneira isso faz sentido para mim?' Eu disse: 'Faz sentido para você porque, se você vencer, eu vou te dar o title shot'. Ele disse: 'Agora, sim, estamos conversando, cara. Gosto da maneira que você está pensando'".

No entanto, vários aspectos podem ser levados em consideração na hora de se analisar por que Dana tomou tal decisão.

Velho Anderson X "Novo Anderson"

O duelo promete ser a verdadeira definição de "choque de gerações". De um lado, temos um dos lutadores mais talentosos que já pisaram no octógono, que defendeu seu título por vários anos e é visto por muitos como o maior nome da história do esporte.

Do outro, temos aquele que é apontado como o sucessor do brasileiro. Invicto em 15 lutas na carreira, o Israel Adesanya vem chamando atenção por seu estilo arrojado e por suas impressionantes performances, que já lhe renderam três bônus do UFC em suas quatro apresentações pela organização.

Brasileiro dá "all-in" ao topar encarar pedreira

A aspa que abre o texto mostra bem o momento de Anderson Silva. Sem entrar no octógono há quase dois anos, o brasileiro aceitou o desafio de encarar um dos nomes mais promissores do MMA. Se um lado da moeda mostra que o psicológico e a confiança de Anderson estão mais elevados do que nunca com a luta que pode coloca-lo nas cabeças da divisão, o outro mostra o aspecto negativo dessa decisão, já que uma derrota poderia acabar de vez com os sonhos do atleta e suas pretensões de ser novamente campeão.

Divisão "sem dono"

Cinco anos após "Spider" encerrar seu legado como campeão dos médios, ninguém conseguiu se firmar como o "dono" da divisão. O título dos médios já passou pelas mãos de Chris Weidman, Luke Rockhold, Michael Bisping, Robert Whittaker e até mesmo Georges St-Pierre, ex-campeão da categoria até 77 quilos.

Histórico de Anderson Silva

Pesa a favor do brasileiro o seu histórico impecável dentro dos médios. No período em que foi campeão, Anderson defendeu seu título com sucesso em 10 oportunidades, o que o coloca como o segundo maior da história no quesito, com apenas uma luta a menos que Demetrious Johnson (que, cá entre nós, atua em uma divisão bem menos desafiadora que o "Spider"). Além disso, o ex-campeão também é o detentor da maior sequência de vitórias no UFC (16).

Astro da companhia

Desde que o UFC foi comprado pela WME-IMG, a organização tem focado em promover duelos que despertem o interesse do público, mesmo que isso represente não ser tão coerente em relação aos aspectos esportivos. Dentro desta linha, a escolha de Dana White é coerente: caso Anderson reconquiste o título, ele terá um grande nome para promover a divisão e um lutador que é um sucesso na hora de vender pay-per-views.

Possibilidade de superlutas

Outro aspecto interessa ao UFC na hora de apostar em Anderson: confrontos com atletas de outras divisões. Dentro da nova cultura da empresa, que tem apostado em duelos deste tipo, a movimentação pode fazer sentido. Não é segredo para ninguém que o brasileiro já demonstrou interesse em duelar contra St-Pierre (naturalmente atleta dos meio-médios) e até mesmo com a estrela da companhia, Conor McGregor. Um possível duelo contra esses nomes poderia bater o recorde de vendas de pay-per-view, já que todos são conhecidos por despertarem bastante atenção entre os fãs de luta.

LEIA MAIS

Sobre o blog

Saiba o que acontece dentro e fora do octógono, relembre as grandes histórias e lutas que fizeram o vale-tudo se tornar o MMA. Aqui também será o espaço para entrevistas, análises, debates, polêmicas e tudo que faz do MMA o esporte que mais cresce no mundo.
Contato: nagradedomma@gmail.com