Blog Na Grade do MMA

Após dramas, clima leve entre Jones e Belfort e Dana ainda na bronca marcam semana do UFC 152

Jorge Corrêa

Direto de Toronto (Canadá)

O UFC 152 neste sábado encerra um dos caminhos mais conturbados de em evento do Ultimate, com brigas e dramas que contaram até com o cancelamento da edição 151, que teria acontecido no início deste mês, depois que Jon Jones não quis lutar contra Chael Sonnen. Mas esse clima pesado não foi trazido para Toronto nessa semana, pelo menos não por parte das estrelas do show.

>> Blog no Facebook: FB.com/NaGradedoMMA
>> Leia todas as notícias do UFC 152 no UOL Esporte

>> Siga o blog no Twitter: @NaGradedoMMA

Mesmo tendo trocado algumas farpas no início da divulgação do evento – Vitor Belfort disse ser de uma geração de lutadores de verdade e Jon Jones afirmou já ter enfrentado desafios maiores na carreira – nenhum encontro entre os dois teve qualquer tipo de animosidade. O clima foi de completa tranquilidade.

No treino aberto, os dois apostaram no bom humor, o norte-americano mais que o brasileiro. Recebido com mais carinho pela torcida, Belfort ficou mais no papo com o pessoal, enquanto Jones abusou das piadas e até sacaneou com um brasileiro que o provocou.

A troca de elogios entre os dois foi constante na entrevista coletiva e nenhuma tensão no ar. Eles deixam claro que sabiam a posição de cada um dentro da história do UFC, assumiram o papel de “leão velho e leão novo'', metáfora que próprio Vitor cunhou.

Já a torcida roubou a cena na pesagem e no último encontro entre eles antes da disputa do cinturão dos meio-pesados. O ginásio tinha muitos brasileiros, mas os canadenses também estavam em sua maioria ao lado do brasileiro. Com isso, uma sonora vaia para o campeão foi ouvida.

Mas nem tudo foi paz, principalmente com a chegada de Dana White. O presidente do UFC mostrou que ainda tem ressentimentos com a recusa de Jon Jones e o cancelamento da edição 151. Ele desmentiu o lutador e disse que o avisou que se ele não enfrentasse Sonnen, o show seria cancelado – o campeão disse que não sabia disso.

Agora é ver como foi o encontro dos dois depois de tudo isso. Ouvi-se dizer que foi tudo bem, que eles se entenderam, mas apenas depois da luta é que saberemos o que realmente aconteceu.

O QUE DE MELHOR ROLOU NO BLOG NESSA SEMANA
>>> Avenida UFC: veja a novela que culminou com Jon Jones x Vitor Belfort
>>> Belfort cobra caráter de jovens lutadores e diz que tem repertório amplo
>>> Charles do Bronx se emociona por estar em card histórico e promete show
>>> Jon Jones minimiza seus dramas do MMA: “É um jogo, não é a vida real”
>>> Campeão sacaneia com brasileiro em treino aberto em Toronto, mas leva troco
>>> Jones “sensualiza”, mas evita responder pergunta sobre ser símbolo sexual
>>> Velocidade e curta distância de Vitor, envergadura e versatilidade de Jones
>>> Técnico aponta ponto fraco em Jones e aposta em vitória de Vitor no 2ºR