Topo
Na Grade do MMA

Na Grade do MMA

Top 5: Os mais velhos lutadores do UFC

UOL Esporte

03/06/2015 06h00

Damos seguimento à série de "Top 5″s do blog. E, para pegar carona no assunto do próximo fim de semana, com o UFC desembarcando em Nova Orleans, é hora de falar dos vovôs da organização.

Se nas listas anteriores prezamos por dar opinião e classificar melhores nocauteadores, finalizadores, chutadores e outros aspectos, desta vez a coisa é simplesmente matemática. Você sabe quem são os cinco mais velhos lutadores em atividade? Aí abaixo vai a lista.

E o líder é justamente o protagonista deste UFC: Dan Henderson. O vovô – que vem em uma fase tenebrosa que mostra que ele realmente NÃO envelheceu como um bom vinho – pega Tim Boetsch.

Levantar estes dados também foi legal para poder registrar alguns recordes:

Randy Couture foi o campeão mais velho do UFC. Aos 43 anos, ele conquistou o cinturão dos pesados, vencendo Tim Sylvia no UFC 68; aos 44 anos, defendeu o título; e, já sem o status de campeão, foi o mais velhos a vencer uma luta na organização, aos 47 anos.

Untitled– O lutador mais velho a pisar no UFC tinha 51 anos quando o fez. Ele é Ron Van Clief e seu combate foi em dezembro de 1994, na quarta edição do evento. É a única luta de MMA no cartel do artista marcial e ator, e ele durou 3min49s antes de cair num mata-leão de Royce Gracie.

Agora sim, a lista:


5. Quem: Mirko Cro Cop
Idade:
40 (nascimento: 10/09/1974)
A quantas anda: Um dos retornos mais estranhos de um veterano ao UFC, Cro Cop pavimentou sua volta à organização pela necessidade de ídolos europeus. O Ultimate estreou na Polônia em abril e ele protagonizou a noitada numa revanche contra Gabriel Napão. E se deu bem. Depois de apanhar por dois rounds, virou a luta e nocauteou. De desacreditado, passou a ser um lutador com três vitórias seguidas, todas por nocaute, e certamente será usado em grandes eventos, ganhando fôlego para lutar por um bom tempo.

4. Quem: Anderson Silva
Idade: 40 anos (nascimento: 14/04/1975)
A quantas anda: Nem a primeira derrota, nem a fratura na perna contra Weidman pararam Anderson Silva. E, pelo jeito, nem uma suspensão por doping o forçará a se aposentar. O Spider não só quer voltar a lutar, como pediu para enfrentar de novo Nick Diaz – o rival que teria vencido, não fosse o caso de doping alterar o resultado – e ainda está tentando voar fora do UFC, com seu projeto de lutar taekwondo nas Olimpíadas do Rio, em 2016. Pelo jeito, ainda teremos Anderson por um bom tempo no Ultimate.


3. Quem: Mark Hunt
Idade:
41 anos (nascimento: 23/03/1974)
A quantas anda: O neozelandês viveu um "conto de fadas" muito tarde na carreira. Considerado velho e derrotado no Pride, acabou exigindo do UFC que cumprisse seu contrato após a compra do evento japonês e embalou. Virou um grande nome dos pesados e até disputou o cinturão interino com Werdum. Mas, a fase já não é tão boa, já que perdeu sua segunda seguida, por nocaute, para Stipe Miocic.

2. Quem: Anthony Perosh
Idade:
42 anos (nascimento: 05/10/1972)
A quantas anda: Mais desconhecido da lista, Perosh está na cota dos australianos – e deveria ser um ídolo para chamar atenção da torcida nos eventos por lá. Mas, falta talento. Ele perdeu três das suas últimas cinco lutas, sendo a última para o zé-ninguém Sean O'Connell. Apesar de ser o segundo desta nossa lista, não deve durar muito mais tempo nela.


1. Quem: Dan Henderson
Idade:
44 anos (nascimento: 24/08/1970)
A quantas anda: É sempre complicado ver um lutador com o talento de Dan Henderson envelhecer e, aos poucos, definhar. O cara que já nocauteou Michael Bisping com um dos socos mais brutais do UFC, que bateu Fedor Emelianenko, que disputou cinturão com Anderson e que teve grandes combates no Pride já não é o mesmo. Henderson ainda tem lampejos de brilho, como em sua vitória de virada contra Maurício Shogun. Mas desde fevereiro de 2013, essa foi a exceção. Fora este triunfo, perdeu para Lyoto Machida, Rashad Evans, Vitor Belfort, Daniel Cormier e Gegard Mousasi. Para sábado, em luta de pesos médios contra Tim Boestch, ele não fala em parar. Mira uma vitória e o retorno à fila do cinturão. A tarefa é dura, mas o vovô não quer perder o título que ele já tem: o de lutador mais velho em atividade no UFC. Para isso, melhor vencer, para não perdê-lo à força…

Leia também
Os 5 lutadores de mão mais pesada
Os 5 maiores artistas da finalização
Os 5 cards mais grandiosos do UFC
Os 5 melhores chutadores
As eternas promessas do UFC

Sobre o blog

Saiba o que acontece dentro e fora do octógono, relembre as grandes histórias e lutas que fizeram o vale-tudo se tornar o MMA. Aqui também será o espaço para entrevistas, análises, debates, polêmicas e tudo que faz do MMA o esporte que mais cresce no mundo.
Contato: nagradedomma@gmail.com